TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

14 de jul de 2011

SALVAÇÃO!!

ATOMOS SE DESLOCAM NO LIMBO ONDE A LUPA NÃO ALCANÇA
NEUTRONS NEUTRALIZAM O NECTAR DO TÉDIO QUE AVANÇA
PROTONS PROGRIDEM PARA O CENTRO NERVOSO RAPIDISSIMOS
PERCORREM ESTRADAS ETEREAS NUM FLUXO INTENSO SEM DÍZIMOS...

TRECHO DO RAP Q ESTOU GRAVANDO AGORA NO ÁTOMO DO GRUPO USAL
E POR FALAR EM USAL...

Nova Iguaçu, Baixada Fluminense, 1998. Expelindo como vômito, todo desrespeito, desprezo, discriminação e violência, Que foram obrigados a engolir. Átomo, Black Naddo e Nego Val, Formam o "Clã Mc’s".
Com o intuito de denunciar as mazelas que oprimiam as classes desfavorecidas, das quais faziam parte. Com letras politizadas, que abordavam temas polêmicos, de maneira extremamente contundente, que ás vezes ultrapassavam os limites da razão. Em 1999 entram para o M2HBF (Movimento Hip Hop da Baixada Fluminense), e começam a fazer algumas apresentações nas adjacências de Nova Iguaçú. Nesse mesmo ano, "Nego Val" sai do grupo. Em 2000, Lisa entra, pouco tempo depois "Black Naddo" também sai. Já em 2001 "Tina Cris" entra.
"O Clã Mc’s", faz uma série de apresentações no circuito alternativo do Rio de Janeiro, principalmente na Baixada Fluminense. No mesmo ano o grupo passa por algumas mudanças, após a conversão de "Átomo e Lisa" ao Evangelho de Jesus Cristo, O grupo muda de postura e nome, passando a incluir a sigla “US”, de Ultimato a Salvação, antes do “Clã”, que mais tarde também sairia. Com a mesma contundência, só que agora sem ultrapassar os limites da razão, equilibrado, e tomando por base a Bíblia Sagrada.
O até então “US do Clã”, começa a pregar a palavra de Deus, anunciando a volta de Jesus. Em 2003, sai o primeiro registro do grupo em CD, ao participarem da coletânea “ Som de Periferia, Volume 1 ”, lançada pelo, M2HBF. Em 2004 o grupo começa a também fazer parte do Movimento Enraizados, e a se chamar definitivamente de "Ultimato à Salvação" ( U-Sal), nesse mesmo ano chega mais uma integrante no grupo, "Fê", que sai logo em seguida, juntamente com Tina Cris.
O ano de 2005 é marcado pelo lançamento de várias coletâneas com a participação do grupo. Primeiro sai o “ Raiz do Hip Hop ”, lançado pelo Movimento Enraizados, logo depois “ DJ PJ apresenta Rap Gospel Rio Volume 1 ”, e ainda “ Som de Periferia Volume 2 ”, pelo M2HBF.
Ainda esse ano o grupo começa a se apresentar em outros estados, e em vários outros lugares do Rio de Janeiro, como no Circo Voador, Concha acústica da UERJ etc. O ano é fechado com a participação de " Lisa " no documentário “ Rap de Saia ". Em 2006, o grupo tem suas músicas registradas em mais duas coletânea: " Mix Tape Vem do Alto Volume 3 " e “ Sexto Encontrão ”, do Movimento Enraizados, esse , CD e DVD , gravados ao vivo em Morro Agudo.
Nesse mesmo ano o " U-Sal " sai em mais duas coletâneas, dessa vez representado somente pela Mc, " Lisa ", em dois projetos destinados apenas à mulheres: “ Mulheres do Hip Hop Pelo Fim da Violência contra a Mulher ”, pela organização CEMINA, e, “ Hoje eu Tive Um Sonho...Carolina de Jesus ”, pela organização Criola. Ainda em 2006 se apresenta na ALERJ (Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro), no evento de comemoração pelo dia da Bíblia. Em 2007, " Lisa " participa do show de lançamento do cd “ Mulheres do Hip Hop pelo fim da Violência Contra a Mulher ”, realizado no Circo Voador.
No início desse ano, 2009, também participa da coletânea " Mulheres Guerreiras ", CD que tras M'CS de vários estados. Para 2009 o grupo tem a previsão do lançamento de outra coletânea pelo Enraizados, intitulada: " Se é Pra Exigir, Exige Direito", e também do seu primeiro CD.

Um comentário:

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??