TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

6 de mar de 2011

duelos...ainda!!



LANTERNA VERDE X ROM O CAVALEIRO DO ESPAÇO


LANTERNA VERDE
Criado por Martin Nodell e Bill Finger, o Lanterna Verde original estreou em All-American Comics nº16 (1940).

Diversos indivíduos já assumiram o nome de Lanterna Verde ao longo do tempo. Cada um possuiu um anel que lhes dava grande controle sobre o mundo físico.

O anel foi considerado a arma mais poderosa da galáxia, criando objetos plasmados complexos de acordo com a mente de seu portador, limitado apenas por duas coisas: a imaginação do lanterna verde e a cor amarela, onde o anel não surte efeito algum (problema causado por uma impureza na fonte original que gerou os anéis).

PODERES

O anel dos Lanternas Verdes permite criar objetos com energia verde que funcionam como suas exatas duplicatas reais,ele na verdade pode transformar vontade em presença, voar a velocidades interplanetárias, traduzir automaticamente cada língua conhecida no universo, cobrir o corpo do usuário com uma aura para proteger-se de ataques e rigores do espaço, fazer análises, detectar outros Lanternas Verdes, projeção astral e fazer o usuário relembrar de fatos esquecidos.

O anel protege o usuário automaticamente contra dano fatal e é capaz de curá-lo em níveis baixos.

O anel também pode reproduzir qualquer poder imaginado. O nível dos poderes do anel é limitado pela força de vontade do usuário e só necessita de ser recarregado a cada 24 horas na bateria-lanterna, ou quando os níveis de energia estão muito baixos.

O anel não funcionava contra coisas amarelas, mas depois da crise foi descoberto que os guardiões disseram isso para que os lanternas não acreditassem em poder infinito, Hall Jordan descobriu que apenas o medo impede que o poder funcione.

O usuário também deve ter sua força de vontade suficientemente desenvolvida a fim de operar o anel.



ROM O CAVALEIRO DO ESPAÇO
Criado por: Bing McCoy (designer de brinquedos)

Bill Mantlo(roteirista)
Sal Buscema (desenhista)

Primeira aparição: Rom #1 (Dezembro 1979)

Rom nasceu há cerca de 200 anos terrestres no planeta Gálador, lar de uma pacífica civilização no auge de sua prosperidade. Sendo a guerra, a pobreza e a doença algo praticamente esquecido os galadorianos decidiram enviar uma frota de naves para percorrer toda a galáxia, partilhando sua tecnologia e princípios de vida com outras civilizações.

O Conselho de Gálador, tomando conhecimento da tragédia, iniciou medidas para se defender e livrar a galáxia da sombra conquistadora dos espectros. Desenvolveram armas de defesa avançadíssimas, sendo as principais o Projetor do Limbo, uma devastadora porém não letal arma que bania os atingidos por seus raios para a dimensão etéra do Limbo, onde ficariam presos por toda a eternidade.

Além dele, criaram poderosas armaduras capazes de dotar seus usuários de incríveis poderes, mas que custavam a eles sua humanidade, ao torna-los mais máquinas do que homens. A cirurgia para ligar alguém a essas armaduras era irreversível e o sacrifício exigido dos seus usuários era enorme.

Por isso, o Conselho pediu voluntários incapaz de forçar alguém a tal ato de despreendimento heróico.Rom foi o primeiro cidadão de Gálador a se oferecer para a transformação.


PODERES

Super-força, resistência, extrema durabilidade; voo.
Armas/Equipamentos: Armadura galadoriana
Tradutor Universal
Analisador
Neutralizador
Erradicador

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??