TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

12 de fev de 2011

Será o fim da Bossa Espacial ?

Será o fim da Bossa Espacial ?


Depois de ter ido passar um tempo no sítio de seu primo em algum lugar do universo, Wild teve um contato simples com a natureza, desde pisar na grama descalço e viver entre insetos raros , animais campestres , aves, sem internet e nenhuma outra tecnologia.

https://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=b3ccceed71&view=att&th=12e12fdaae85ea87&attid=0.2&disp=inline&zw
A paz no campo foi muito especial para Wild que fez uma auto - análise de sua vida e carreira musical , pensou em mudanças com a mente e o coração repletos de paz e amor e pegou seu violão , lembrou de canções que fez quando era criança e assim que voltou do sítio gravou:

Histórias pra Cantar...


O EP que vai se chamar , O Segredo e tem cinco faixas:

1- Maíra
2- Seja onde for
3- Histórias pra Cantar
4- Motivos
5- O Segredo

Que já estão sendo gravadas e a produção fica por conta de Marlos Sanuto da MS Studios um velho amigo músico de mão cheia .

É um disco de violão, afirma Wild, seu primeiro instrumento que aprendeu a tocar com apenas nove anos de idade...
Além do violão Wild toca gaita , canta e toca ukelele (guitarra hawaiana) que ele aprendeu a tocar em menos de uma semana...
Também tem sons de ambientes , como onda do mar ,vento,canto dos pássaros...

Wild diz que o som da madeira do violão pode atingir a alma de uma pessoa e foi o que fez pensar neste seu momento mais intimo com a natureza...

O EP ainda não está pronto mas Histórias pra Cantar já está sendo elogiada por muitas pessoas importantes , a música já está na rádio Tribuna , saiu a matéria com entrevista em um zine de Brasília, o clássico Tupanzine , sites, blogs e já tem até convite de alguns selos .








E o show de estréia dia 20 de janeiro na casa da casa da Matriz em Botafogo em prol das vitimas das chuvas na Região Serrana foi o marco mais importante para esse recomeço!

Wild diz também que a Space Bossa vai bem obrigado !

(É um projeto complicado)


Mas o que ele quer viver agora são as coisas mais simples da vida , com referências que vem do Folk , Powerpop e um eletroniquinho suave com uma pegada surf music e influências de :






E do novo pop Wild tem ouvido :



Por que não ?

SPACE BOSSA

Wild Robson já é figurinha carimbada dos undergrounds da vida, ainda que ele diga que já viu a Terra do espaço, sob a influência de alienígenas do bem. Como resultado disso, suas canções e projetos trazem a mensagem de paz que Wild aprendeu em suas andanças em lugares muito além daqui.
http://myband.com.br/geral/usuario/1177/img/user1177.jpg
O que importa mesmo é que o Space Bossa, a one-man band de Wild, ou melhor, ele mesmo enquanto artista, está aqui, na Terra, pronta para invadir rádios, mp3 players e demais formas de comunicação musical.

Sua página no site www.myspace.com/spacebossa é uma verdadeira convenção mundial de fãs, que mostram o poder de fogo de suas melodias. A idéia é simples, nunca simplória: música pop bem feita, com o tino de quem sabe o que está fazendo. Há teclados, há guitarras, há voz, há coquetéis na beira da piscina de Blow Up, há histórias de amor e amor nas histórias. E claro, ingenuidade típica dos melhores Forrest Gumps que habitam os mundos de lá e de cá.

Não é preciso pensar muito para entender o fascínio que Verão do Amor, a música que puxa o debut do Space Bossa pode exercer sobre quem aprecia melodias pop ensolaradas. O teclado e a produção de Marcio Lomiranda
http://www.mensagensvirtuais.xpg.com.br/celebridades/Marcio_lomiranda.jpg
(que já pilotou estúdios para gente tão diferente quanto Ivan Lins e Sandy & Junior) deram ao som de Wild Robson os contornos de profissionalismo que credenciam a banda para enfrentar a carnificina na briga por espaço em rádios e televisões.

No teletransporte do Space Bossa, vêm e vão influências da Tropicália, dos Mutantes, da Bossa Nova , além de ecos de bandas como :


A maior virtude que Wild imprime em seu projeto é a apropriação dessas influências e torna-las praticamente suas invenções. Com o palco cheio de brinquedos e uma performance lúdica, Wild Robson já esteve em mais lugares do que você pode imaginar.

Do LG Music Festival e Mercado Mundo Mix, passando pelo Festival Planetário de Alfa Centauro e as bodas de prata de Callisto, uma das luas de Júpiter. Resistir é inútil.


Carlos Eduardo Lima , Jornalista e Escritor
Slowdabf , membro da zulu nation universal e blogueiro.

http://www.myspace.com/spacebossa

http://twitter.com/spacebossa

http://www.youtube.com/user/oficialspacebossa

http://www.fotolog.com.br/spacebossa

http://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=188301051191302&id=1756735217&ref=notif&notif_t=share_reply#!/group.php?gid=108629012533176&v=info

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=8280


Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??