TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

18 de fev de 2011

freestyle ...ou funk melody!!!

Freestyle em Nossas Vidas

Vinte anos atrás, poucos acreditavam que teriamos no pós-discoteca (criada principalmente pela frustração e pela falta de alguma coisa para dançar) um gênero de música tão forte quanto o freestyle , além disso , a disco ainda reinava suprema em mercados urbanos como Nova Iorque, Miami, Chicago e da Baía de San Francisco.

Mas, freestyle, com a sua batida sincopada e letras de desespero e de amor perdido, continua sendo popular nessas regiões, porque é mantido vivo e bem sucedido por casas noturnas que, para preservar o som, continuaram tocando os artistas do freestyle , por estações de rádio que continuam a reproduzi-lo em uma programação regular e durante a semana com mixshows e pelos seus fãs que inundam com mensagem nesses sites como : freestylemusic.com e clubfreestyle.com.


Michelle Visage

"Freestyle veio ao longo do final da discoteca", diz Michelle Visage, ex-vocalista do grupo Seduction , disco de ouro com 2 pedradas "2 to Make It Right", e " e hoje comanda o programa de rádio na manhã MIX 102,7, em Nova York.





NAYOBE

Ela tinha 16 anos de idade, ela teve um produtor latino Andy "Panda" Trípoli.
Ela era cubana, e ele de Porto Rico. Ela morava no Sul do Bronx, ele era de Brooklyn, e chegarm ao sucesso com um dos primeiros freestylers verdadeiros. "Com o sucesso de" please dont go ", houve apenas uma direção para o freestyle, então chamado latim hip-hop , a percorrer, que foi direto para o topo.

Ela lançou um single dance, intitulado "Please dont go."
Foi produzido por um jovem Andy ( segunda geração da mtv) e cantada por Nayobe, que tinha dezesseis anos , era do Bronx e que venceu o show de talentos em THE FEVER para obter o seu contrato de gravação.


Um Hip Hop Latino foi descoberto. "PLEASE DON'T GO" foi considerado o primeiro Freestyle e o nascimento de uma nova etapa para a música de rua urbana. Ironicamente, quando o filme "Krush Groove", saiu em 1985 e "The Fever" foi fechado para sempre no final de filmagens do filme ...






Indubitavelmente, muito do freestyle começou com Sal Abbatiello, a ideia por detrás da Fever catch it e a visão Abbatiello, abrange todas as áreas da indústria da música, incluindo a sua própria gravadora, a companhia de gerência do artista, a editora, as promoções de concertos e clubes nocturnos.Na década de 80 foi o criador do lendário grupo Cover Girls...



"Fomos marcados por um som diferente. "Isso veio contra o que ouvíamos na discoteca. Enquanto na discoteca os artistas eram principalmente caucasianos ou Afro Americanos, os latinos foram trazidos para essas festas e clubes muito antes da "invasão Latina", de Ricky Martin e Jennifer Lopez.

"Freestyle foi uma oportunidade para algumas pessoas realmente talentosas de terem a luz brilhando sobre eles quando lá não havia lugares para eles", expressa Corina, cujo"Temptation" atingiu o top ten no Hot 100 da Billboard, tornando-a uma das maiores canções do freestyle . "Foi uma nova casa para nós e de um coisa que tomou vida própria."

CORINA


Corina Ayala é filha de porto-riquenhos e desde pequena morou no Bronx e Harlem Espanhol. Quando tinha 6 anos de idade cantava enfrente ao espelho e às vezes se apresentava para sua mãe. Vendo a abilidade da filha, sua mãe tratou logo em matricular Corina para tomar aulas de canto e ballet. Quando se tornou adolescente gravou com diversos produtores, teve um grupo feminino (na qual participava Brenda K. Starr) mas sem obter nenhum progresso.

Então Corina achou que não era essa a carreira que deveria seguir. O seu pai insistiu que continuasse estudando Educação Formal ao mesmo tempo que sua carreira de cantora não decolasse. Estudando Leis Criminais no Colégio, Corina ainda perseguia sempre batalhando em se tornar uma cantora de sucesso. Corina logo pensou na realidade daquela época. Como uma latina vai se tornar sucesso, fazendo um som de branco.

Em 1987, sua sorte começou a mudar. Alguns amigos lhe apresentaram o empresário Pepper Negron, que a levou para uma audição com Carlos Berrios. Ele tocou uma melodia para ela e ainda não tinham a letra. Então, Corina se dispôs a escrevê-la junto com Carlos Berrios. Nascia ali o primeiro sucesso “Out Of Control”, produzido por Carlos Berrios e lançado pela Cutting Records.

Em 1988, Corina realizou o segundo single “Give Me Back My Heart”, desta vez com a foto dela na capa. O single foi produzido por T.K. Rodriguez e Aldo Marin na Cutting Records. Os fãs clamaram por uma nova música da Corina, infelizmente, foi uma longa espera para que a Cutting Records realizasse uma nova canção. Mas em 1990, essa espera acabou, com o lançamento do single “Loving You Like Crazy”. Produzido por Aldo Marin, se tornou o terceiro sucesso consecutivo da Corina.

Em 1991, Corina reencontrou Carlos Berrios para a realização do seu quarto single “Temptation”, que na verdade foi a primeira letra que ela apresentou para ele antes de “Out Of Control” em 1988. Apesar da comparação a “Together Forever” de Lisette Melendez, ambas tinham o som similar de Carlos Berrios, “Temptation” alcançou o 6º lugar na parada Pop da Billboard, coisa que não aconteceu a nenhuma outra música Freestyle anteriormente.

Após o sucesso de “Temptation”, Corina assinou com a ATCO Records para lançar o seu primeiro álbum e conseqüentemente o primeiro vídeo-clipe na música “Temptation”. O segundo single do álbum a ser lançado foi “Whispers”, que seguiu o mesmo caminho do anterior.



O vídeo-clipe de “Whispers” foi considerado uma super produção na época, filmado num castelo com figurinos elaborados especialmente para a filmagem do clipe. O terceiro single do álbum a ser realizado foi “Now That You’re Gone”, em 1992. Nessa época as rádios diminuíram a música Freestyle de sua programação, assim como outros artistas, Corina se encontrou sem gravadora.

Depois de um logo tempo sem gravar, em 1997, Corina teve a oportunidade da regravação de “Summertime Summertime”, um clássico do Freestyle na voz de Nocera. Essa música entrou para uma compilação chamada Def Jam’s SoS o Def Bass All Star Volume II. O single de “Summertime Summertime” de Corina ganhou também uma versão em Espanhol para o mercado bilíngüe que se expandia pela Dance Music atual. Hoje Corina segue carreira de atriz e suas músicas podem ser encontradas no seu álbum ou em várias compilações de Freestyle lançadas no mercado.

"Nós não tinhamos costume de ouvir o nosso próprio freestyle até que chegou ao mercado" afirma Nyasia, um artista que estreou no final dos anos 1980 com hits infecciosos, tais como "Who's Got Your Love 'e' Now and Forever".

Nyasia

Se tornou uma das figuras mais conhecidas do freestyle americano aqui no Brasil por causa da música "Now & Forever". Essa música ficou conhecida nos bailes como a "Melô da Mimosinha".
Nyasia nasceu em West Palm Beach, Flórida.
Ela começou cantando na igreja quando ainda era uma garotinha.


Na sua adolescência ela se inscreveu num show de novos talentos interpretando "Out Here On My Own" de Irene Cara, vencendo o concurso. Depois disso ela trabalhou na industria musical fazendo backing vocal para outros artistas.Nyasia não só cantava bem, ela também tinha muita habilidade para dançar.



Ela foi dançarina para alguns grupos.Tempo depois ela foi descoberta por Ernesto Medina, que a levou para teste em estúdio.Em 1990 Nyasia assinou com a Mic Mac records, onde gravou seu primeiro single "Now & Forever" no ano seguinte.

Essa música fez muito sucesso na área de Miami, Chicago, Texas e aqui no Brasil.Seu segundo single "Who's Got Your Love" entrou no top10 de algumas cidades americanas como Nova Iorque, Los Angeles e Miami em 1992. Depois seguiu com "I'm The One" e em 1993 e 1994 ela lançou "Midnight Passion", "Don't Waste My Time" e "Take Me Away".

O último trabalho dela foi "Two Time Lover" em 1995.Na década de 90, ela tinha trabalhado com produtores como Mickey Garcia, Nelson Cruz, Pacheco, Ellis, Mauro DeSantis, Freddy Lopez, Mike Lorello e vários outros.Em Janeiro de 2003 Nyasia volta a cena da musica freestyle com "If I Could SeeYou Now" e "Y Tu Te Olvidara"; essa última um dueto com Freddy Lopez.


Judy Reyes é melhor conhecida pelo seu papel como a enfermeira Carla Espinosa na sitcom Scrubs, junto com Carla Espinosa via NBC , disse: "Nasci e cresci em Nova York e me relacionava com a música em um nível cultural. "Para mim foi parte de minha juventude ".

"Freestyle parecia com uma música que foi preparada por pessoas como eu: jovens latinos que reconheciam a cultura, as batidas, bem como a necessidade de dança de seus pais, se identificavam com a música, e as movimentos da língua e cultura americana, sem comprometer nossa raiz. "

Artistas como Safire, Sweet Sensation, e Brenda K. Starr todos com fenomenais sucessos alcançados e excursionaram pelo o mundo sobre as costas das suas canções. Não foram só os seus hits populares, mas também quando esses artistas fazma as baladas.

Freestyle foi uma potencia, ou assim pareceu. E a medida que o soul e a disco tinha caído fora da discoteca , a história, tentou se repetir tentando colocar o mesmo destino(fim)para o freestyle.

A reação veio rápida e furiosamente quando as estações de rádio mudou seu formato para tocar hip-hop, pop e quase tirou o freestyle de seus playlists. Mesmo com os artistas que eram esperados para serem tocados na rádio popular a onda era mais RnB...

TKA favoreceu um som mais pop em seu segundo álbum, e Corina lutava para ser liberada de seu contrato, pois não queria ser forçada a fazer um álbum R & B.

A história desse grupo, que definiu o Latin Freestyle, começou bem antes de sua formação oficial em 1986, com Tony, Kayel e Aby.




Tudo começou quando Kayel fazia parte de um grupo de rap chamado “Future Force”. Com esse grupo eles se apresentaram em vários clubes de Nova York. Era comum nos clubes da época, grupos amadores procurarem uma chance de seguir uma carreira de sucesso, mas infelizmente com o “Future Force” não foi diferente e o grupo se desfez.

Na mesma época Tony fazia parte de um grupo de rap chamado “Supersonic”, que infelizmente também não deu certo.

Então Kayel e Tony se juntaram e mais tarde chamaram um outro jovem Spider para formar um novo grupo chamado “The Disciples”.

Com o novo grupo se apresentaram em pequenos clubes e em festinhas de família. Um tempo depois Tony convidou seu primo Aby para o grupo.

O grupo “The Disciples” não tinha nenhuma música original, foi ai que Kayel apresentou a letra de “Scars Of Love”, uma canção romântica do seu antigo grupo e eles a transformaram em um rap cantado numa base romântica.



Visage admite: "Quando o seduction fez mais de um álbum gravado, todos queriam rotulá-la como freestyle...Nós não queriamos ser rotulados como freestyle....
"Era quase um insulto e olhando para trás, eu não tenho idéia de porque eu ficava ofendida."
"Música é música , e pode me rotular , enquanto você estiver comprando meus discos. "

Freestyle, tem se perseverado e enquanto ela não vê o mesmo nível nacional do qual fez sucesso no final dos anos 80s e início dos anos 90, clássicos ainda são bastante populares nos mercados urbanos em todo o país.

Com mais de um milhão de ouvintes por semana, New York's WKTU ostenta o títilo de número um em freestyle e mostram o povo, que está sintonizado com Judy Torres, o veterana por trás desses hinos como "No Reason to Cry" e "Come Into My Arms".



Crescendo em NY , ela era a mais velha de cinco irmãos. Ela fez hits com canções como "Please Stay Tonight", "Come Into My Arms", "Love Story", "i oove you, Will You Love Me" e "No Reason To Cry", um clássico do freestyle.

Seu primeiro álbum, Love Story, lançado em 1989 é umfreestyle essencial.

Seu segundo álbum, My Soul foi lançado em 1992 e recebeu ótimas críticas pelos críticos e fãs.



James Anthony, DJ da "KTU Freestyle's Free For All" encontra alegria nos registros dos fãs mais antigos, bem como para com os mais novos que, pela primeira vez ouvem o som.

"Fico feliz em saber que todas as semanas, alguém lá fora, está ouvindo o meu show e dizem" eu não ouço essa canção tem muitos anos", ou algum fã mais jovem está sintonizado na rádio dizendo,' eu nunca ouvi essa música antes, tenho que descobrir o que é".

"A Mix 107 toca freestyle na sua programação regular. "Eu reproduzo a rua na minha estação", diz Visage ", quero sempre atingir alguns sentimentos das pessoas.

Eles gostam de ouvir qualquer freestyle, quando coloco o, mas a maioria curte os clássicos como "Show Me", ou "Sincerely Yours', ou qualquer coisa do Stevie B."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??