TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

20 de fev de 2011

Big L

Big L

.:: Big L ::.

Nascido no bairro do Harlem , Big L desde cedo se interessou pela música e tinha como principais ídolos : Run-D.M.C., The Cold Crush Brothers e Big Daddy Kane.

Ele despontou o seu talento perto da sua casa, na 104th West 139th Street, onde passava horas a treinar os flows com os seus amigos. Foi aí, enquanto estudava na Julia Richmond High School, que decidiu mudar o seu nome para Big L.



Nome:> Lamont Coleman
Nascido:>30 de maiode 74
Local de Nasc.:> Harlem, New York City
Dia de Morte 15 de Fevereiro 1999 (Com 24 anos)
Genero:> Rap
Selos:> Sony, Rawkus, Flamboyant Entertainment
Parcerias:> Diggin' in the Crates Crew, Children of the Corn


Big L No Youtube::

http://www.youtube.com/user/BigLOnline

Site::

http://www.biglonline.com/

Myspace::

http://www.myspace.com/biglcorleone

Comunidade::

http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=530124

Criado na zona de Harlem, Big L foi confrontado com a tentação das ruas, contudo ele escolheu o rap como saída. O seu primeiro sucesso foi em 1992 com o single "Yes you may (remix)". Desde então Big L escreveu letras como mais ninguém.


Carreira: Em 1993 ele assinou com a Columbia Records e gravou um dos álbuns mais marcantes do hip-hop underground. A música "Devil's Son" foi banida das rádios devido a rimas como "I pistol whip the priest every Sunday".

Tradução: Big L - Devil's Son

Poucos caras até hoje demonstraram tanta habilidade e técnica para rimar quanto ele. L fazia cadeias de rimas multissilábicas comos e fosse a coisa mais fácil do mundo - ele fazia isso até em freestyles -, e não sacrificava significado; pelo contrário, algumas de suas punchlines estão entre as mais memoráveis do gênero.

Seu disco de estreia, "Lifestylez ov da Poor & Dangerous", de 1995, é um exemplo do virtuosismo de L, mas foi um single anterior ao álbum que fez com que o nativo do Harlem ganhasse reconhecimento no underground dos EUA: "Devil's Son".

A faixa, produzida pelo companheiro de Diggin In The Crates Showbiz, trazia Big L contando para seu beatmaker um sonho que teve, no qual ele era o filho do diabo.

A partir daí, ele personifica o herdeiro do coisa-ruim e começa a relatar as atrocidades que cometera de uma forma tão pesada que faria tremer qualquer carola e faria "Sympathy for the Devil", dos Rolling Stones, parecer uma cantiga de ninar.

Por trás disso, porém, esconde-se uma metáfora um pouco mais profunda; é como se L falasse diretamente para os rappers que se engalfinhavam para mostrar quem era o mais cruel e durão, como se isso fosse algo para se gabar: "vocês são durões? Pois bem, eu sou o filho do diabo!".

Quer coisa mais sinistra que isso?
Vendo por outro lado, é mais uma confirmação da atitude "eu não dou a mínima" e do poder lírico do rap, e como ele pode ser muito mais pesado e sombrio que qualquer outro gênero - só é necessário um emcee do quilate de Big L.

Ainda assim, talvez o interlúdio no qual L diz que foi um sonho que teve seja uma tentativa de amenizar o discurso, se é que isso era possível.

Hoje vocês ficam com a tradução de "Devil's Son". Divirtam-se!

Big L - Filho do diabo

[Intro]
Aí, Showbiz, eu tive este sonho estranho noite passada. Eu era o filho do diabo, cara, e estava fazendo umas paradas sinistras...

[ Sample : Nas - "Live at the BBQ"]
"Quando eu tinha 12 anos, fui para o inferno por matar Jesus"
"Estou atirando em freiras com armas automáticas"

[ Verso I ]
L é um rebelde, num nível superior, vá pegar uma pá
porque eu sou o filho único da porra do diabo
é fato que estou vivendo no pecado, negro
niggas deveriam saber que eu era doente desde as coisas que eu fazia há um tempo
porque eu não podia parar de ser mau
quando estava na pré-escola, eu bati com um bloco de madeira numa criança até ela morrer
ficava espancando uns viados
eu percebi que toda vez que ficava puto algo ruim acontecia
um maluco me bateu com uma garrafa de cerveja, e depois correu com medo
mais tarde acharam ele pendurado num lustre
eu acabo rápido com os inimigos
minha mãe sabe quem eu sou porque ele sabe com quem ela estava transando
666 no meu crânio, sem truques
quando eu cerro os punhos, minha mãe pega o crucifixo
e eu mato otários pelo mais barato preço
estou andando com Satã, não com Jesus Cristo
eu já acabei com milhares de inimigos
Big L, direto do inferno, o filho do diabo

[ Refrão : Samples ]

[ Verso II ]
Aqui é o Big L, e meu interesse é ganhar dinheiro
eu sou um vilão de pedra conhecido por matar e estuprar freiras
aí, eu mato até vadias aleijadas e coxas
olhe para a minha cabeça bem de perto e você vai ver triplos seis
não há nenhuma dúvida de que eu só ligo para o dinheiro
eu acabei de assinar um contrato vitalício com uma funerária
esse cara que me devia dinheiro, eu não tirei a vida dele
em vez disso, eu amarrei ele e o fiz me assistir estuprando a mulher dele
um cara poderia tentar me difamar, mas isso é arriscado
ele começou a gingar, mas me errou
então eu comecei a atirar nele
eu cuspi na porra do rosto dele e saí andando
uma vez uma garota atirou em mim
eu morri, mas voltei à vida em outro corpo
a maneira como eu vivo é muito errada
eu sou um demônio do inferno sem o rabo ou os chifres vermelhos
matar é divertido, eu sou o número um com uma arma
seja falso e eu acabo contigo, porque você não pode correr do filho do diabo

[ Refrão ]

[ Verso III ]
O Big L é estritamente tiroteio
eu corro pela igreja e dou coronhadas no padre todo domingo
e depois que eu pego todo o dízimo
eu mando caras para matar Tone, sua mãe e sua filha
eu sobrevivo com minha imagem de extorsão
eu tenho espreitado Lennox, colecionando mais cadáveres do que clínicas de aborto
um cara tentou acabar com o L
atirou em mim com uma Tech, eu apenas gargalhei e cuspi tudo de volta
depois eu peguei a arma dele, e ele ficou de joelhos
com facilidade eu o fiz congelar, ele me implorou por favor para não atirar
mas eu não sou deste tipo, eu acabei de atirar em um ônibus
gunclap *bang*, outro cara morde a areia
eu não tolero vacilos
comporte-se mal e será mandado para o túmulo pelo filho do diabo

[ Interlúdio ]
É isso aí, Big L, o porra do filho do Diabo, está definitivamente em cena, mandando um salve para todos os assassinos, bandidos, ladrões armados, serial killers, psicóticos, lunáticos, viciados em crack, pacientes mentais, retardados mentais, e um salve especial para todos os manos com AIDS, paz!

Com letras hardcore feitas para os fãs e não para as rádios, Big L tornou-se um dos reis do underground.



Em 1995, ainda com a Columbia, ele gravou o seu álbum de estreia "Lifestylz Ov Da Poor & Dangerous".


Neste álbum, Big L abordava diversos temas, por exemplo:

  • "No Endz, No Skinz" abordava a forma de como o dinheiro que ele possuia, mudava a maneira das mulheres olharem para ele.
  • "Danger Zone" uma música melancólica que abordava as dificuldades que enfrentou no seu bairro em Harlem.
  • "Fed Up with this Bullshit" abordava a brutalidade policial.
  • "I Don't Understand It" ele abordava a situação de as pessoas não apreciarem, nem sequer darem um mínimo de importância ao seu trabalho enquanto músico.
  • "Lifestylez ov da Poor & Dangerous" abordava coisas sobre ele e o que ele teve de fazer para sobreviver em Harlem. A música incluia partes em que ele dizia que havia atacado, prejudicado e assassinado pessoas por apenas um trocados.
  • "Street Struck" discutia o porquê de algumas pessoas, em vez de usarem os seus potenciais, entravam no lado errado da vida.

O álbum foi comercialmente ignorado, mas agradou à The Source que lhe deu 4mics (4 estrelas). O álbum foi um sucesso a nível underground e contou com a participação de alguns grandes nomes de agora como Jay-Z e Cam'ron. Após a gravação do álbum, a Columbia deixou Big L.


Mais tarde, juntamente com Show, AG, Buckwild, Lord Finess, Fat Joe, OC e Diamond, formou o grupo D.I.T.C (Diggin' In The Crates) onde Big L mostrava toda a sua habilidade lirical num novo nível.

Concertos em Amesterdan e no Japão provaram aos outros que Big L e os D.I.T.C. estavam prontos para arrebentar.

Foi também nesta altura que Big L estava à beira de gravar o seu melhor trabalho "Ebonics", que também foi um grande sucesso.

Contudo pouco aproveitou o seu sucesso, pois Big L foi assassinado nas ruas onde cresceu (foi baleado 7 vezes na cabeça e no peito).

Já em 2002 o seu irmão, Leroy Phinazee, pouco tempo após ser libertado da prisão , foi baleado na mesma rua que o irmão, quando tentava descobrir quem havia assassinado Big L. Por causa disto, muita gente acredita que quem matou Big L, matou também Leroy Phinazee...


Em Agosto de 2000 o álbum "The Big Picture" posterior à sua morte, foi lançado.

Metade do álbum já estava completo antes da sua morte, e a outra metade foi completado depois. O álbum recebeu muito respeito em termos de vendas (sendo o seu primeiro álbum a atingir o ouro) e em termos de rádios. O álbum conta com a participação de Guru, D.I.T.C. e de Big Daddy Kane.


Desde as suas letras inteligentes, à suas metáforas mortais e à sua habilidade no freestyling, Big L abriu as portas para uma onda de rappers como Mase, Jay-Z, Cam'ron .



Discografia:

Lifestyles Ov Da Poor & Dangerous (1995) - Columbia
  1. "Put It On" produzido por Buckwild
  2. "M.V.P." produzido por Lord Finesse
  3. "No Endz, No Skinz" produzido por Showbiz
  4. "8 Iz Enuff" produzido por Buckwild [Featuring Terra, Herb McGruff, Buddah Bless, Twan, Killa Cam (camrom), Trooper J & Mike Boogie
  5. "All Black" produzido por Lord Finesse
  6. "Danger Zone" produzido por Buckwild
  7. "Street Struck" produzido por Lord Finesse
  8. "Da Graveyard" produzido por [Featuring Grand daddy I.U, Lord Finesse, Microphone Nut, Party Arty, & Jay z
  9. "Lifestylez Ov Da Poor & Dangerous" produzido por Lord Finesse
  10. "I Don't Understand It" produzido por Showbiz
  11. "Fed Up Wit the Bullshit" produzido por Lord Finesse
  12. "Let 'Em Have It "L"" produzido por Craig Boogie



The Big Picture (2000) - Rawkus Records
01. The Big Picture (Intro)
02. Ebonics
03. Size 'Em Up
04. Deadly Combination
05. '98 Freestyle
06. Holdin' It Down
07. The Heist
08. The Enemy
09. Fall Back
10. Flamboyant
11. Casualties of a Dice Game
12. Platinum Plus
13. Who You Slidin' Wit
14. Games
15. The Heist Revisited
16. The Triboro



Big L Put It On



Big L M.V.P


Essa aki é f...curti muito na epoca..e curto ainda hj claro..!!

Big L-No Endz, No Skinz
http://www.youtube.com/watch?v=h0B8gb0G01s


Downloads

Big L - Harlem`s Finest A Freestyle History Vol.1

Track list:
01 l 00:39 Interview (Intro)
02 l 04:45 Rock N. Wills Audition
03 l 01:15 Stretch & Bobbito '92 Freestyle
04 l 02:07 Stretch & Bobbito '93 Freestyle
05 l 01:50 Stretch & Bobbito '94 Freestyle
06 l 03:51 Stretch & Bobbito '95 Freestyle (ft. Jay-Z)
07 l 02:55 Stretch & Bobbito '95 Pt. 2 Freestyle
l (ft. Jay-Z)
08 l 01:53 Tony Touch 139 Freestyle
09 l 01:18 Universal Freestyle
10 l 01:29 Doo Wop My Niggaz Freestyle
11 l 05:18 Stretch & Bobbito '98 Freestyle
12 l 00:48 Roc Raida Mixtape Freestyle
13 l 01:21 Flamboyant 1
14 l 01:18 Flamboyant 2 (ft. Royal Flush)
15 l 01:52 Kay Slay Freestyle
16 l 01:44 Devil's Son (Live in Amsterdam)
17 l 03:46 Nigga Please (ft. Stan Spit & McGruff)
18 l 03:57 How Will I Make It
19 l 02:40 Final Four Interview

http://rapidshare.com/files/26024651/harlemsfinest_killah.rar


Big L - The Big Picture ( 2000 )



Tracklist:
01- The Big Picture

02- Ebonics

03- Size em Up

04- Deadly Combination ft 2Pac

05- 98' Freestyle

06- Holdin it Down

07- The Heist

08- The Enemy ft Fat Joe

09- Fall Back ft Kool G Rap

10- Flamboyant

11- Casualities for a Dice Game

12- Platinum Plus ft Big Daddy Kane

13- Who you Slidin Wit?
14- Games ft Sadat-X and Guru
15- The Heist Revisited

16- The Triboro ft O.C , Fat Joe and Remy Martin

BAIXE AQUI

J-Love Presents Big L - In Memory of...Vol. 2.1


Tracklist:
01. Dangerzone Produced By J-Love
02. Ebonics DJ Premier Rmx
03. Way of Life Feat Fat Joe
04. Now or Never (Unreleased)
05. Games Females Play (Unreleased)
06. Who Slidin With (Original Version) (Unreleased)
07. Thick Feat A.G. & O.C
08. Fall Back Feat Kool G Rap
09. Where You At Feat Big Pun (Unreleased)
10. Platinum Plus Feat Big Daddy Kane
11. Flamboyant (Unreleased)
12. Back In My Hood Feat Party Artie (Unreleased)
13. Hit It (Unreleased)
14. The Nicest Feat Big Pun 2 Pac Notorious B.I.G (Unreleased)
15. Live At The Spot Feat Royal Flush
16. All Love Feat Fat Joe Lord Finesse A.G.
17. Stand Strong Feat Ditc
18. Dignified Soldiers Feat Ditc
19. Shit Is Real Freestyle (Unreleased)
20. Fucking With Rmx Feat Ditc
21. Uptown Kids Feat Mcgruff Mase Camron
22. Get Your Feat Ditc
23. Fed Up With The Bullshit
24. You Know What I M About Feat Lord Finesse


http://rapidshare.com/files/51726834/J-Love_Presents_Big_L-In_Memory_of...Vol._2.1-RGF.rar

Password: www.rapgodfathers.com

D.I.T.C - Worldwide (2000)



Tracklist:

01- Thick

02- Get Yours

03- Champagne Thougths

04- Way of Life

05- Day One

06- Hey Luv

07- Foundation

08- Ebonics
09- Drop it Heavy ]
10- Da Enemy

11- Stand Strong

12- Weekend Nights

13- Thick ( Remix )

14- Big L Tribute

15- Time to get this Money


BAIXE AQUI

R.I.P.: - 15 de Fevereiro de 1999 (N.Y.)
"Ele sim é o Rei de NY"

3 comentários:

  1. Poh slow sem palavras na minha opinião não existe mc igual ao Big L e acho meio diicil um dia surgir alguem com o Flow e a habilidade de rima q ele tinha (R.I.P BIG)

    ResponderExcluir
  2. Belissimo post mano mais do que justo !!!!

    ResponderExcluir
  3. po samarro nele mais pra quebrar ele e seu irmão deve que tava de mancada seila sou si que eu sou 2pac avéra e ......

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??