TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

26 de nov de 2010

A MÚSICA DO ACASO E A MÚSICA DA REALIDADE

«A Música do Acaso» é um dos mais intrigantes romances de Paul Auster. Nele conta-se a história de alguém que inesperadamente recebe uma herança, decide abandonar tudo e viajar sem rumo.

Comprei este livro numa banca de jornais pelo preço módico de R$ 3,33...

Disposto a continuar enquanto tiver dinheiro, não estabelece nenhum ponto de chegada, deixando-se conduzir pelo acaso.

Este torna-se a força motriz que determina a sua vida, transformando-a numa sucessão de acontecimentos aparentemente sem significado. Assente sobre este jogo perverso, o autor desenrola a história dos seus personagens de acordo com os seus próprios temas-obsessões, definindo o indivíduo simultaneamente pela sua impotência e pela sua capacidade de viajar até aos limites da solidão.

Paul Auster é um autor que recolhe o melhor da tradição ficcional americana, fundindo-a com influências várias, entre as quais podemos citar Kafka, Mallarmé ou Blanchot, que marcaram o seu próprio percurso na ficção.


Mudando de assunto:

O Novembro está sendo brabo mesmo para a populaçao da Vila Cruzeiro! Eles nao merecem essa obra orquestrada do Estado para usar de um artifício peculiar e impor o extermínio de inoscentes.

Muitos pagam sem saber porque, outros apoiam sem saber o que. Enfim, nosso país atravessa uma fase que parece incompreensível. Mas só parece!
Todos que trabalhamos pela arte-educativa temos uma resposta. Lutamos contra o escravismo desfarçado de trabalho. Lutamos contra o extermínio desfarçado de açao.

Pedimos para as crianças estudarem e lutarem para conseguir uma posiçao no mercado. E difícil, ou voce vira escravo, ou voce vira mendigo, se nao quiser nem um nem outro, vai virar bandido. Aí eles terao motivo para fazer da sua vida o que querem. A pena de morte sempre foi prática no Brasil.

E todos apoiam, mídia, populaçao, moradores, etc... Agora vamos pedir a Deus para que a guerra seja justa! E só ele pode julgar. Só Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??