TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

3 de nov de 2010

Black Panthers do Brasil!!!


O rap em tempos atuais parece ter tomado outros caminhos ou realmente nao eh mesmo acostumado pelas controversias e letras que abordam as injusticas sociais relatando a vida da periferia, violencia policial, e a mensagem de auto-conscientizacao, etc. A kultura Hip-Hop e o ativismo politico se estende a realidade urbana onde se encontram imaculando e se expressando ao caos contemporaneo, e como qualquer outro fator a espiritualidade e a religiao acabaram influenciado alguns grupos de rap que no caso" Black Panthers" alem de ser" O "Primeiro" no genero no Brasil" foi um deles.

No Estados Unidos da America O Hip-Hop vivenciou uns dos seus grandes momentos na entre meados da decada de 80 e o comecinho dos 90 ou "The Golden era of Hip Hop" onde os grupos nao se limitavam ao expressarem a criatividade que parece ser algo oposto hoje em dia.

No Brasil tambem nao foi diferente, grandes nomes do Hip-Hop Nacional vieram dessa mesma epoca. O berco da Kultura Hip- Hop no Brasil sem sobra de duvidas eh Sao Paulo. Uma das maiores metropoles do mundo e ganhando no ranking como a maior cidade da America Latina. Alguns a comparam como Nova York em alguns aspectos, a Kultura Hip Hop no Brasil em especificamente Sao Paulo eh realmente o comeco dessa cultura que em cada canto do planeta acaba-se encontrando elementos da qual se caracteriza a Kutura Hip-Hop.

Como uma grande arvore seus galhos se diferem em diferentes estilos, uns para o gangsta, outros pra o bling, pop, comercial, underground, evangelico, ,politico etc. O Black Panthers De Sao Paulo foi " O Primeiro grupo de Rap " Islamizado, Islamico ou Muculmano " no Brasil " a chamar atencao nacional em tempos que nem mtv, myspace, face book e internet eram instrumentos de comunicacao para o portal da Kultura Hip-Hop, pelo menos no Brasil. Nessas alturas todos sabem que aparentemente a " primeira forma de rap ou a linguagem ritimica em forma poetica a surgir pelo menos no Brasil foi por" Miele " em cima da versao do grupo de rap americano SugarHill Gang mas nunca caracterizou ou refletiu a imagem do Hip-Hop no Brasil, mas isso eh uma outra estoria...

Alguns artistas foram esquecidos e sequer nunca mencionados...

O Rap e o Break explodia na estacao Sao Bento do Metro Paulistano, onde eventualmente gravariam pela gravadora Eldorado a coletanea " Hip Hop Cultura de Rua" da qual lancou rappers como Thaide & D.J. Hum, M.C. Jack, Codigo 13 e O Credo.

O grupo " Black Panthers " aparentemente ja existia antes da nova formacao que incluia Ahmad Al Ameen um auto-didata nato ou como era chamada em tempos da Sao Bento de "Uzi" do grupo " O Credo " com "Deus da Visao Cega " que tambem ja era reconhecido pelas controversias diferencas de opinioes sobre a questao racial no Brasil que o levou a nem sequer fazer questao de estar presente na capa do disco "Hip Hop Cultura de Rua".

No Blog do Radar Urbano dirigido pelo ilustre e ativista de longas datas "Xandao" menciona o fato contando um pouco sobre a Historia do Ragga e Hip Hop e suas origens no Brasil em 22/07/2009.

Kranium Ali Shabazz ou Cranio foi um dos poucos e talvez uns dos primeiros modelos negros no Brasil na decada de 80 que chegou a fazer desfiles de moda com nomes de prestigio internacional como a inglesa Katharine Hamnett e outros. Personalidade conhecida na noite paulistana de Sao Paulo. O mesmo que ja tinha sido aliliado aos carecas do suburbio do Abc e ate como um dos primeiros afro-brasileiros punks ate se deparar com a Kultura Hip Hop que o levaria a um outo caminho.

O outro integrante foi Peter Muhammad filho de pai estrangeiro e de mae com descendencia que se caracteriza de indios da regiao amazonica passou parte de sua infancia entre o Brasil e os Estados Unidos ate ter conhecido os outros integrantes em meados de 1986/87.

Passou a ser D.J. para o grupo " Artigo B onde fizeram alguns shows como o tunel da Consolacao entre outros, junto com uns dos M.C.s mais inteligentes do Brasil de acordo com o proprio Peter, uma especie de Parteum dos 80, discotecou em varias festas da decada de 90. Eventualmente os diferentes planetas se juntariam ao atual existente " Black Panthers ".

Em causar polemica os titulos nao acabam por aqui, os mesmos integrantes foram convidados e entrevistados pelo apresentador da epoca do SBT "Serginho Groisman", foram temas de polemicas no" Jornal Folha de Sao Paulo ", Isto E, Veja e sem falar das diversas notas existentes em outros jornais da epoca em relacao aos ataques neo-nazistas da epoca divulgando auto defesa a polulacao afro-descendente e pobres.

Em cima de tudo isso, ficaram conhecidos pelo fato de terem admitidos a identidade Islamica que levou membros do grupo a conversao ao islamismo ou a reversao as origens esquecidas. As estorias sao varias, causaram polemica no programa Armando Martins, foram expulsos de determinados locais, tiveram presentes na primeira vinda de Nelson Mandela ao Brasil, e tambem tiveram show interrompidos por proprietarios de casas noturnas devido ao conteudo lirico.

E claro que o grupo passava por um transicao de auto-procura, mas isso nao fez que alguns dos integrantes permanecessem ate os dias de hoje como ' muculmanos '. O grupo tambem foi caracterizado por serem intelectuais, por terem letras que mencinava versiculos biblicos e alcoranicos talvez avancados para o momento da epoca, e ate racistas foram rotulados por alguns pseudos formadores de opinioes que era o cumulo do ridiculo.

O grupo inspirou rappers como D.J. Alpiste que partiu por uma mensagem evangelista, e tambem teve a primeira " treta " ou " beef " com o grupo Filosofia de Rua devido aos falsos rumores sobre a letra " a cor da pele n influi em nada " da qual tinha sido mencionada nuns dos discursos de abertura do show do Black Panthers.

O grupo tambem foi primeira pagina do" Jornal islamico Al-Rubat " destacando o poder da musica e a divulgacao do Islamismo atraves da cultura Hip Hop. O grupo em si foi lancado em 1993 pela gravadora Kaskatas na coletanea chamada " Versao Brasileira produzido no estudio do legendario D.J. Cuca. Abaixo Como a Babilonia foi lancado sem a autorizacao e a permissao do grupo que eventualmente os levariam a uma acao juridica contra a gravadora por direitos autorais. O grupo foi extinto logo apos o lancamento da coletanea " Versao Brasileira".

Dos integrantes ambos o Ahmad de boina vermelha ( Uzi) e Kranium de boina preta na foto exibida na mussala ou sala de oracao na primeira Mesquita construida no Brasil na Av. do Estado em Sao Paulo conhecida popurlamente como Mesquita Brasil, ja sao falecidos ( Descansem em Paz ).

Aparentemente um dos integrantes se tornou D.J. em Sao Paulo e Peter Muhammad mora no exterior. Fatos Sao Fatos! A Luta continua... Essa eh dedicada a todos os pioneiros do Hip Hop Nacional, Allah U Akbar! Deus Eh Maior!

-Ahmad A- Ameen ( R.I.P.) ou " Uzi "
- M.C. Kranium Ali Shabazz (R.I.P.) ou Cranio
- M.C. Peter Muhammad
- M.C. D.J. Lord Tiger X One
- Amaury Homeless
- Lift
- Eugenio
+ desconhecidos membros

Um comentário:

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??