TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

6 de fev de 2010

Ray Ban , Ray e Bam

A arte em São João de Mentirinha e em Duque zito city , fica nos rondando como uma raposa vermelha querendo o sangue da vítima emplumada. Pressinto no correr dos galopantes cascos da minha ideias , que ela já esta entre nós e muitos não estão notando a sua presença.

Uma cega visão atinge as pupilas dos reitores e senhores dos municípios ,e só quem tem o RAYBAN da guerrilha cultural , poderá enxergar...


O xis da questão é que essa visão é tão contagiante que chega e muitos não conseguem ver que a arte vai se espalhando mais rápido que doença venérea , apesar da síndrome de Ray Charles...

Sou um Zulu e desistir não está no meu hd espiritual...



A reunião aconteceu na sede Federação de Blocos Afros e Afoxés do Rio de Janeiro – FEBARJ, espaço gentilmente cedido pelo presidente da organização, o Sr. Paulo César. Estiveram presentes no encontro os zulus “DJ TR” e os B. boys “Val”, “Pé” e “Bala” (todos dançarinos da crew GBCR) e foram batizados os seguintes candidatos:

• Candace (ativista);
• Bruno Timorato (radialista e ativista);
• Combatentte (rapper e ativista);
• Slow da BF (MC, rapper, poeta e ativista);
• Jonathan Hibrido (pastor missionário, rapper e militante);
• Kakau Sena (ativista);
• Gilson (B. boy e ativista);
• Leandro Positivo (radialista e ativista);
• David Junior (B. boy e ativista);
• DJ Claysoul (DJ e ativista).

Criada pelo DJ e ex-líder de gangue, “Afrika Bambaataa”, em 12 novembro de 1973, com o intuito de pacificar o bairro do Bronx (NYC), por meio de uma política social formada pelos elementos típicos da região como a dança de rua, o graffiti, o DJ e o MC, a “Universal Zulu Nation” é uma entidade que atualmente se encontra em quase todo o planeta disseminando a real filosofia da Cultura Hip-hop.

Aqui no Brasil, a Zulu Nation se faz presente pela “Zulu Nation Brasil”, sob a liderança de “King Nino Brown” desde 2002, com sede no município de Diadema (ABC Paulista), utilizando a Casa do Hip-hop, como principal ponto de encontro, similar a sede-matriz da Zulu Nation de Nova York.

De contrapartida, aqui no Rio de Janeiro, a Zulu Rio está se organizando para adquirir sua sede e dar prosseguimento às atividades pertinentes a Cultura (hip-hop) de maneira autêntica, fazendo valer os preceitos da entidade creditada como a primeira e única escola de Hip-hop do mundo...

Peace, Unity, Love and Having Fun!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??