TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

5 de out de 2009

ESTUPEFATO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Ainda em estado de graça ao ver na principal praça da cidade que estou morando , de graça a companhia da grande Débora Colker , e seus vasos flutuantes ,que tem o dedo mágico do grande Gringo Cardia...


O momento não sai da minha cabeça , a emoção que me arrebatou e arrebentou ao ver ali a cidade parada observando nun teatro a céu aberto , projetado por Oscar Niemayer ,um epetáculo tão grandioso...

Débora que é a primeira mulher no mundo a dirigir um espetáculo do Cirque du Soleil,nos brinda com sua premiada companhia de dança no Teatro Mario Lago para a apresentação da coreografia 4 por 4...

4 por 4 é um encontro entre a dança e as artes plásticas.
Traz, ainda, Deborah Colker tocando piano em cena, interpretando uma sonata de Mozart para duas bailarinas dançarem na abertura de “Vasos”. A música é o outro vértice do triângulo artístico-amoroso que se forma em 4 por 4.

Vivemos em uma época em que as ferramentas de produção de imagens evoluem e se popularizam. Essa profusão de imagens gera uma leitura superficial e incompleta das mesmas...

Acho que a leitura das imagens pode parecer superficial, mas o que te toca, a estética ou a emoção fica gravado na nossa mente. Acho importante que depois de uma explosão de uma era em que a imagem é o que conta, venha uma explosão de conteúdo associado a uma imagem. Estamos começando a entrar nesta fase agora na minha opinião.

As duas coisas andam juntas. O artista visual passou a ser um artista da imagem, um diretor de arte. Todo artista de música precisa ter uma cara. Depois da explosão da era da imagem, é quase impossível uma música não ter uma cara. Mesmo disfarçada ela tem uma cara, como a banda Gorillaz.

Falando ainda da companhia e das coisas que ví na praça , uma coisa me deixou estupefato...Os bailarinos saltam e dançam sobre 90 vasos ,o que dá um certo nervoso, pois a qualquer momento um deles pode esbarrar em um desses vasos e quebrá-los! Mas os bailarinos executam os passos com extrema precisão que a gente fica só na sensação de que isso vai acontecer.


“Não é o ângulo reto que me atrai, nem a linha reta, dura, inflexível, criada pelo homem. O que me atrai é a curva livre e sensual, a curva que encontro nas montanhas do meu país, no curso sinuoso dos seus rios, nas ondas do mar, no corpo da mulher preferida. De curvas é feito todo o universo, o universo curvo de Einstein.”


Oscar Niemeyer

‘‘A vida é viciada em mim. Só tenho medo que ela tome uma overdose’’


Mário Lago

Que união de pessoas eu pude ver ali Oscares, Deboras, Gringos, Marios e o povo universal de Duque de Caxias...

Um comentário:

  1. Deve ter sido mesmo de ficar estupefato!
    Débora Colker é o máximo, que grande artista!
    E que linda uma apresentação desse nível para todo mundo ver! Sensacional!!!!
    Entendo perfeitamente sua emoção.
    Viva Débora! Viva Oscar Niemeyer, Viva Mario Lago, Viva o povo universal de Duque de Caxias! \o/

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??