TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

19 de out de 2009

A Dúvida...

Das duas uma ou é uma ou é a outra, não pode ser as duas coisas porque as duas coisas não podem andar juntas por ai como se fossem uma coisa só ...

Muitas vezes ao usufruirmos do uso de uma simples escolha nos deparamos com indesejados efeitos colaterais. 
Escolhas devem ser uma coisa ou outra. 
E apenas isso. Sem esconder outras variações inesperadas.

Uma prática para sermos mais coesos nas escolhas, que falem ao invés de questionarem, é separar em dois tipos as nossas escolhas. 

As escolhas, que modificam o estado de um sentimento. E as escolhas surreais, que devem apenas retornar alguma informações sobre um sentimento. 

Devemos sempre evitar fazer as duas coisas ao mesmo tempo. Oferecer ambas funcionalidades em uma escolha causa confusão.

Tenho muitas dúvidas sobre muitas coisas e atualmente a minha dúvida é como deixar meu canto mais bonito e ou diferente (VIU?)

Não sei se devo escrever ou pintar nas paredes...

Quero escrever um slogan no meu quarto bem no alto da estante e não sei qual desses devo colocar...
Alguém ai pode me ajudar ??


- Um Danoninho vale por um bifinho.


- A primeira faz tchan, a segunda faz tchun e... tchan-tchan-tchan!!! ( Prestobarba)

- Tomou Doriu a dor sumiu.

- Bonita camisa, Fernandinho. (Us Top)

- Não esqueça a minha Caloi.

- Bombril tem 1001 utilidades.

- Tostines vende mais porque é fresquinho ou é fresquinho porque vende mais?

- Você se lembra da minha voz? Continua a mesma, mas os meus cabelos...Quanta diferença! ( Xampu Colorama)

- Super Nescau, energia que dá gosto.

- Eu sou você amanhã. ( Vodca Orloff)

- Se algum desconhecido lhe oferecer flores, isto é Impulse!

- Deu duro? Tome um Dreher.

- Com Rexona sempre cabe mais um.

- Não basta ser pai, tem que participar. Não basta ser remédio, tem que ser Gelol.

E não sei se escrevo só um poema, como esse:

A antítese do novo e do obsoleto,
O Amor e a Paz, o Ódio e a Carnificina,
O que o homem ama e o que o homem abomina,
Tudo convém para o homem ser completo!


O ângulo obtuso, pois, e o ângulo reto,
Uma feição humana e outra divina
São como a eximenina e a endimenina
Que servem ambas para o mesmo feto!


Eu sei tudo isto mais do que o Eclesiastes!
Por justaposição destes contrastes,
Junta-se um hemisfério a outro hemisfério,


Às alegrias juntam-se as tristezas,
E o carpinteiro que fabrica as mesas
Faz também os caixões do cemitério!...







Contrastes (Augusto dos Anjos)




Muitos têm se perguntado por que sofrem tanto,feito torcedor do Fluminense, vivem uma vida mesquinha e miserável, feito mosca cega e sem olfato, enquanto outros alcançam a felicidade, feito porco na lama. 

Talvez não falte realmente nada a essas pessoas mas embora afirmem ter tudo, sentem-se vazias, ocas e nada lhes satisfaz.

E vivem a reclamar,feito carregador de piano de chumbo, dizendo que nada dá certo nas suas vidas , feito aquela hiena que falava "oh dia ! oh azar".



Reparem como o Augusto e o Hardy são parecidos...






São lamentações que normalmente fazem (me retiro desse grupo) por causa do seu sofrimento e isso acontece sem que elas mesmas percebam, por uma única razão: 
A Dúvida ( ou não) ...

Um comentário:

  1. Meu deus, meu Deus, meu Deus, que post bem humorado! Achei ótimo ter lido logo pela manhã.
    Sinceramente, eu espero que vc escreva o poema na parede. É profundíssimo como tudo o que vem de Augusto dos Anjos!

    Mas se, por brincadeira, eu tivesse que escolher dessa relação de slogans, em homenagem aos meus velhos tempos, eu escolheria esse de quando eu era adolescente. A propaganda tinha um fundo musical do tipo as Quatro Estações, de Vivaldi, uma moça linda andando na rua, recebia flores de um rapaz também lindo e o locutor dizia: "Se algum desconhecido lhe oferecer flores, isto é Impulse!" Eu achava o máximo isso! ahahahaha

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??