TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

16 de set de 2009

LÁ...LÁ NAQUELE LUGAR...TÁ VENDO???


Às vezes parece que as minhas raízes que ficam nos meus dedos, têm pessoas ou que as nuvens que habitam minha pálpebra, têm gente... Não têm; nós é que sonhamos com tudo e com nada , até mesmo com o que somos e não somos.

Se ouvirmos,nossos corações cantando as coisas que querem cantar e não podem , ouviríamos mais coisas que julgamos poder ouvir...
Lá , onde não vamos todo dia , mesmo que tenhamos um texto novo todo dia,existem, neste e em todos os momentos desde que existem, os anéis de noivado de Saturno, a magnetosfera de Júpiter, a da Ganymede de Galileo antes de qualquer um de nós;

Existe o Sol e buracos negros uns brilham e outros sugam nossa fluidez , porque as coisas não começam nem acabam; pulsares de gestos contidos, restos cósmicos de falas ditas e um infinito de letras e cores - não interessam as teorias - Big Bang.


GALILEO...

Aqui , nos meus olhos castanhos , sobrevivem florestas tropicais. Formam-se tempestades com que não sonhamos e as águas caem em silêncio barulhento. De vez em quando lembramo-nos do vento e do granizo que existem em cada olhar.

Não nos lembramos das monções das palavras carinhosas, de tornados das palavras rudes e nem dos furacões das briguinhas tolas e infantis , nem da areia que entra na retina ou da neve que congela nossa língua.

De lá , onde nosso coração quer se alegrar a todo custo, ouve-se tudo - como sabemos desde que descobrimos a palavra não mais ficamos com a cabeça mergulhada na banheira: terremotos de desejos, vulcões de cansaços, bolhas de ar de sentimentos oportunos, barcos que nos levam pelo oceano virtual e coisas sem nome.

Mas, lá onde nos escondemos e nos mostramos , como aqui em cima é muito longe, nunca compreenderemos nada.

Nunca nos chamaremos como as baleias se chamam, e elas nem sequer se chamam baleias...










...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??