TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

15 de mai de 2009

EU DIRIA QUE...

EU DIRIA QUE:


Ingmar Bergman
:

Fez um cinema transcendental.
A obra de Ingmar Bergman compõe um dos mais ricos e essenciais capítulos da história do cinema. Como poucos, o diretor se apropriou da linguagem para realizar um conjunto significativo que transcende a própria experiência cinematográfica. Abordando temas intrínsecos à existência humana – como desejo, morte e religiosidade –, o cineasta rompeu as fronteiras do cinema sueco e atingiu a universalidade.

Fellini:


Fez um cinema poético.
Fellini ficou eternizado pela poesia de seus filmes, que mesmo quando faziam sérias críticas a sociedade, não deixavam a magia do cinema desaparecer.


Glauber
:

Fez um cinema revolucionário.
Glauber Rocha foi um cineasta controvertido e incompreendido no seu tempo, além de ter sido patrulhado tanto pela direita como pela esquerda brasileira. Ele tinha uma visão apocalíptica de um mundo em constante decadência e a sua obra denotava esse seu temor.


Wenders
:

Fez um cinema questionador.
Apesar de ter se tornado parte da indústria cinematográfica, ele sempre procurou fazer um cinema de autor, como nos tempos da nouvelle vague, o que ás vezes lhe valeu o rótulo de ingenuo.Estudou filosofia e medicina ,Logo desistiu dos sofismas e laboratórios para investigar o ser humano atraves das películas.

Kurosawa:

Fez um cinema artisticamente belo.
Se hoje em dia temos a oportunidade de conhecer a cultura oriental no cinema, o grande responsável por isso é Akira Kurosawa. Ele abriu as portas do mundo a cultura cinematográfica da região, mesmo com importantes cineastas japoneses terem chegado antes de sua explosão.


Kubrick
:

Fez um cinema inteligente.
Foi um dos cineastas mais importantes do século XX, responsável por uma obra polêmica, mas que gozou de uma excelente recepção crítica.Três de seus filmes, 2001: Uma Odisséia no Espaço, Dr. Fantástico e A Laranja Mecânica, estão listados entre os 50 maiores filmes de todos os tempos, pelo respeitado American Film Institute.[1]

Godard:
Fez um cinema delicadamente rude.
Jean-Luc Godard é um cineasta francês reconhecido por um cinema vanguardista e polêmico, que tomou como temas e assumiu como forma, de maneira ágil, original e quase sempre provocadora, os dilemas e perplexidades do século XX.

ESSES NOMES SÃO DO CINEMA,EU DEIXO UMA OUTRA LISTA,MAIS FILOSOFICA ,PARA AMIGOS E AMIGAS FICAREM DEBRUÇADOS,EM TECER COMENTÁRIOS BREVES ,E ENRIQUECEREM ESSE TEXTO,COM MAIS INFORMAÇÃO E OPINIÕES...

Platão
Descartes
Kant
Marx
Nietzsche
Heidegger
Sartre
Foucault

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??