TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

13 de jan de 2009

adeus dj primo

DJ Primo






DJ Primo, 28, morreu , no Hospital das Clínicas, em São Paulo.
Segundo informações iniciais, a causa da morte foi pneumonia.
Me lembro quando fui cantar a primeira vez em Curitiba e o Primo era o dj da casa la e nos tratou super bem , quando ele acabou de tocar eu tive que ir la falar com o cara , ele não era conhecido por aqui no Rio mas o que ele fez naquelas toca discos eu nunca vou esquecer , o cara mandou muito bem , ele tocou: jeru the damaja , non phixion , guru , gangstarr , arsonists , big l , wu tang , odb , jurrasic 5 ,caramba ... O cara ganhou um fã naquela noite fria de Curitiba...
Depois lembro bem dele já como dj do md2 e de como ele saiu do camarim (cercado por 4000 seguranças ) e veio ao meu encontro e trocou varias ideias e quando eu comentei sobre os encontros semanais de djs que temos na Baixada (movimento flash back e baú do vinil ) o cara automaticamente falou que queria muito ir tocar la ... falei pra ele que não rola dimdim e o cara falou assim : Slow , nem tudo tem preço...
nunca vou me esquecer ..

De acordo com a assessoria de imprensa da TV Cultura, onde o DJ participava do programa "Manos & Minas", apresentado pelo cantor Rappin Hood, Primo fez shows no final de semana e passou mal na madrugada, quando foi levado por familiares para o Hospital das Clínicas.

Para o cantor, o hip hop brasileiro perdeu um de seus principais DJ´s. "Ele aliava a técnica ao estilo pessoal, além de ser muito querido e de ter conquistado todos os DJ´s da velha guarda. Era um dos poucos com nível para competir internacionalmente e representar o Brasil", disse.

O artista paranaense iniciou oficialmente a carreira em 1996. Primo tocou pela primeira vez em São Paulo em 1999, e mudou para a capital Paulista em 2002. Tocou junto com Afrika Bambaataa e nomes do circuito do rap alternativo como Hieroglyphics, Aesop Rock e Rob Sonik.

O DJ produziu Marcelo D2, MC Cindy, Helião e Negra Li. Primo tocava em diversas casas noturnas de São Paulo.

Ele morava há cinco anos com a atriz Patrícia de Jesus, a Perpétua da novela "Os Mutantes", da Record. Ela estava no Rio participando das gravações quando soube o que aconteceu. A Record a liberou das gravações esta semana. Abalada, ela não pensa em desistir da carreira. "Pretendo voltar a trabalhar, porque ele sempre me deu força e tinha orgulho do que eu faço".

A atriz conta que a família recebeu mensagens de carinhos de fãs do Brasil e exterior, como Argentina e Califórnia (EUA).

PERDEMOS UM ALIADO... GANHAMOS UMA SAUDADE...MANTEMOS NOSSA FÉ....

familia ezn...

ezn..........................
SLOW

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??