TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

2 de fev de 2014

Top 10 filmes desconcertantes


Só não pude ordenar os filmes por preferência mas estão aí:

1- A pele que habito (2011)

"A pele que habito" é um filme de Pedro Almodóvar, lançado em 2011. Conta com a atuação de Antonio Banderas no elenco.

Assisti apenas dois filmes de Almodóvar, além desse (não por falta de interesse mas pela dificuldade de acesso). "Tudo sobre minha mãe" e "Volver", filmes elogiados pela crítica e pelo público, me fizeram querer ver esse denominado suspense que definitivamente cabe nessa lista.

O filme acaba sendo um pouco arrastado mas a situação na qual os personagens centrais estão inseridos foi o que causou meu desconforto, antes no nível da apreensão e depois da surpresa e dificuldade de escolher uma emoção. A sensação predominante foi a de estar engasgada, prestes a vomitar...
 


2- Alta tensão (2003)

Até pra falar desse sinto um arrepio. A princípio o filme francês, lançado em 2003 com direção de Alexandre Aja, me pareceu um filme de terror com aquele assassino misterioso que simplesmente quer matar quem vê pela frente (assim, bem típico).

Mas depois de uns 40 minutos, a coisa começou a ficar estranha.

Além do sangue jorrando e do desespero dos personagens, que em nada me remeteram aos filmes norte-americanos, mostrando que os filmes de terror franceses são maravilhosos; houveram algumas surpresas que me fizeram ter dificuldades para dormir durante exatamente quatro longos dias.

Parece óbvio...só que não.




3- O iluminado (1980)

Depois desse filme, Jack Nicholson se tornou um artista essencial nas minhas pesquisas como aspirante à cinéfila. A obra dirigida por Stanley Kubrik, baseada no livro homônimo de Stephen King, mostra um pouco dos malefícios do isolamento...

Com cenas marcantes para o cinema e um ritmo que traz até um saudosismo setentista, o filme choca, perturba e desconcerta na medida certa.



4- O operário (2005)

Fui postergando esse filme por anos a fio, até que resolvi assistir e... fiquei me perguntando por que demorei tanto?A insônia do protagonista, interpretado por Christian Bale, e o cansaço daí decorrente, é como um fungo corroendo a mente e o corpo.



5- Laranja mecânica (1972)

Sem palavras pra esse clássico de Stanley Kubrik! Sem palavras mesmo! Só consegui assistir a alguns trechos e ainda estou preparando meu estômago para assistir a obra completa.

Mentes perturbadas, impulsos e pulsões...o filme transita pelo que mais desconcerta, logo não poderia faltar nessa lista!





6- Identidade (2003)

Esse eu vi há muito tempo mas ainda lembro do grupo de estranhos que se encontram num motel no meio de uma tempestade e, aos poucos, vão descobrindo uma relação peculiar entre eles.

É o tipo de filme que segura o expectador até o fim. A atuação de John Cusack vale a pena e a música cantada lá pelos últimos minutos, também!A direção é de James Mangold.


TRAILER:

http://www.youtube.com/watch?v=-Njjs_ZbyWs


7- Amnésia (2001)

Um suspense psicológico de fazer a cabeça doer. A oportunidade de vislumbrar uma maneira diferente de conectar lembranças e visualizar fatos é o que me deixou muito deslumbrada. Vi há alguns anos e depois de aprender um pouco sobre as funções da memória e como o cérebro lida com as disfunções que podem ocorrer nessa capacidade, vi novamente.

Bela atuação de Guy Pearce e Carrie-Anne Moss e direção de Christopher Nolan.


8- Carrie, a estranha (1977)

Para mim, nenhuma das versões posteriores foi melhor do que a de Brian De Palma com a mais assustadora Carrie, interpretada por Sissy Spacek.

Submissão, fanatismo religioso, pulsões reprimidas e uma dose de piração compõem esse filme inesquecível que apresenta inesperadamente o ator/dançarino John Travolta!


9- Taxi driver (1976)

Já era fã de Robert de Niro antes de ver esse filme de Martin Scorcese e agora, simplesmente sou fanática. Ele altera os limites de um ator ao interpretar um personagem que vai se transformando drasticamente com o isolamento. Maravilhada com a estonteante atuação de Jodie Foster quase irreconhecível e Harvey Ketel. Imagens únicas!Nova York nunca mais foi a mesma aos meus olhos!

TRAILER:

http://www.youtube.com/watch?v=cujiHDeqnHY


10- O talentoso Ripley (2000)

O filme de Anthony Minguella desconcertou pela proximidade conquistada naturalmente por Ripley...e as consequências da confiança conquistada. Desconfie de quem SÓ te elogia!!!








Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??