TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

30 de ago de 2013

A melhor noite deste ano !

Ontem tive uma das noites mais encantadoras da minha vida no Aniversário do Cep 20.000 que fez 23 anos zoando e emocionando o plantão.


Logo de cara estava rolando uma galera fazendo um bolo de cachaça e um vinho sendo vendido por 5 merréis o copo plástico.

Logo sou recebido pelo Chacal que me trata com muito respeito e me deixa tranquilo. O cara com uma cabeça de boi  estava brilhando  vibrando escorrendo alegria. O cara tinha várias frases esculachantes na ponta da língua.



Lá dentro o clima era de festa com direito a bolo – banana – bolas – e confetes... Clima de amor no ar...


Fiquei literalmente atordoado com a qualidade das poesia e a entrega da galera.


Uma noite que foi simplesmente a melhor noite deste ano até aqui para mim... Aprendi muito e fiz lá minha participação humilde e acho que retornarei muitas outras vezes...

Não deixaria de falar (não na ordem das apresentações) sobre alguns que vi e alguns que não vi nessa festa de 23 anos de poesia e festa  , segue :


Opavivará
Formado por seis artistas cariocas na faixa dos 30 anos, se definem assim: “Somos uma entidade criativa que funciona como uma porta de saloon, que abre para os dois lados. Criamos uma arte relacional que busca lidar com todos os sistemas, desde a perua colecionadora até o camelô da praia.”
 
















Pedro Rocha
Pedro Rocha (1976) vem de uma trajetória de quase duas décadas de fazer poético, com uma poesia que transita pela oralidade e pela dança das palavras dispostas no papel.
Pedro Rocha é idealizador do FalaPalavra e participa ainda do site coletivo de autores .TXT, um site criado por poetas uruguaios, com publicações mensais e temáticas. Pedro atua como Poeta e curador do conteúdo brasileiro do site. Atualmente produz e atua no evento R + P (Reserva + Palavra)













Pedro Lago
Pedro Lago é poeta e editor. Publicou seu primeiro livro de poemas ‘Corpo Aberto’ (Ed. Ibis Libris) em 2010. Faz parte de uma geração de poetas no Rio de Janeiro que usam a palavra escrita e a palavra falada como suporte de trabalho e linguagem, apresentando-se em diversos eventos de poesia e em locais públicos. É editor do selo de poesia LábiaGentil.




Pedro Lage
Antônio Pedro Marinho Lage nasceu no dia 7 de março de 1952, no bairro de Botafogo no Rio de Janeiro. Começou o jardim da infância no colégio Santa Rosa de Lima, em Botafogo, vizinho de muro da casa de seu avô, onde passou parte de sua infância. Sua avó materna era grande leitora de Proust, Tolstoi e Machado de Assim, e foi quem o introduziu na leitura ainda na tenra infância.




Piu Gomes
Grande poeta!




Bráulio e Breno Coelho.
Dupla louca que tentou fazer uma poesia com um espelho, mas que não funcionou muito.




Marilene Vieira
Essa tirou o folego, sensacional oratória estilo rap.




Adiron Marcos
Tocou fagote e fez uma poesia rebuscada, boa demais da conta!





Luis Turiba
Poeta e Jornalista. Nasceu em Pernambuco, em 1950.Sua estréia na poesia se deu pela publicação do livreto Kiprokó em 1977. Grande cara, grande poeta!




Aline Miranda
Levitante nas horas vagas, fez poesias bonitas no estilo micro.




Coletivo Organismo
Arrebentaram... Muito entrosamento e poesia quase teatral
Começaram em meados de 2009. Sob o crivo do acaso, jovens amantes da palavra, cruzam-se nos terrenos virtuais.
Em comum, seus respectivos sítios a serviço do olhar. Registros de movimentos escritos dos mais diversos temas, diálogos entre poemas, pensamentos, olhares (na foto é um trio mas na real é um quarteto com uma menina de dread que entrou).




Anderson Barnabé + Alex Nanin
Fizeram um funk poético... Sensacional !

Bodão
Em 2002 lançou seu primeiro livro de maneira independente. Rubro-negro, psicólogo e batuqueiro, fez uma poesia forte com autos palavrões!




Luana e Joni Castilho.
Poesia sangrenta teatral e bela!! Viva Las putas e Los poetas.
Algo de circo, de teatro do absurdo e vandalismo cultural.


Dimitri Br
O cara é bom... Muita tecnologia e muita poesia doida!





Isadora Medalla
Arrebenta – música de mão cheia – engraçada talentosa... Uma artista maior. Fez muitas coisas com muitas bandas e coletivos e tem muita sensibilidade na arte e na poesia que faz.




Beatriz Provasi
Poeta, atriz e performer, com formação em Cinema - UFF e Artes Cênicas - UNIRIO, falou sobre vidraças varias vezes .




Gabriel Muzak.
Esse já tocou em algumas bandas... Grande poeta e grande guitarrista! Levou uma parafernália sinistra de pedias e fez um som massa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??