TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

25 de jun de 2012

uma longa história!!!


Muitos astros que hoje são reconhecidos como ícones, começaram em áreas diferentes, como Kurtis Blow que desde 1972 vem fazendo barulho, foi um dos primeiros M.c.s que ganharam disco de ouro, lá pelos 80, com a clássica "the breaks”, mas era um b-boy e depois começou a cantar , assim como vários mcs, eram djs... 



 Kurtis Blow

Kurtis foi um dos primeiros rappers de sucesso nos EUA, ele iniciou sua carreira como B-Boy (dançarino de break) em meados da década de 70, até se lançar como artista de rap e DJ.

Em 1979, aos vinte anos de idade, ele foi o primeiro rapper a assinar com uma grande gravadora e lançou o single “Christmas Rappin”. Abaixo, ele interpreta este hit no programa inglês “Top of the Pops” (TOFT):
Foi com sua música seguinte, ‘The Breaks”(com sua batida meio disco/meio hip-hop), que ele estourou e fez do rap um fenômeno internacional, ganhando o primeiro disco de ouro para o gênero. Abaixo sua apresentação no programa Soul Train (introduzido pelo recentemente falecido Don Cornelius):

Um dos projetos mais legais de Kurtis foi “King Holiday”, uma homenagem ao aniversário de Martin Luther King com participação dele e de famosos artistas do R&B dos anos 80 como Whitney Houston (recentemente falecida), Run DMC, New Edition, Stephanie Mills, El Debarge, Kool & The Gang, Fat Boys, entre outros:
Nos anos seguintes, Kurtis produziu álbuns para outros artistas, comandou programas de rádio de sucesso, fez filmes como “Cry of the city” e “Krush Groove”, além de participar de atos contra o racismo e o apartheid e fazer turnê em lugares como o Oriente Médio.


Seu estilo de cantar, de vestir, foi sampleado e copiado por muitos artistas novos que se inspiraram na figura carismática de Kurtis Blow, seu gingado ao dançar, suas rimas que falam de problemas sociais, da linguagem das ruas de NY.

Hoje em dia, Kurtis virou pastor e co-fundou a sua própria igreja: a igreja do Hip-Hop, que pretende angariar fiéis que acreditem na sua causa e que vejam a conexão entre religião e o hip-hop. Outro dos pastores é o Run (do Run DMC).
Exageros à parte, Kurtis foi um dos primeiro rappers a conquistar fama e fortuna com este gênero, ajudando a popularizá-lo e dar voz a toda uma geração de artistas que antes eram tratados com preconceito. A música de Kurts Blow fala por si e ele será eternamente lembrado pela sua visão e inovação.

Ou Krs 1 que era grafiteiro,dizia ele que a grande alegria dele era ver um grafittii viajando por toda a cidade, nos trens de NY. 


O hip-hop é um modo de vida, enquanto o rap é puramente música. 
Também gosto da definição de KRS-One: hip-hop é algo que você vive e rap é algo que você faz.

Dos primeiros mcs surgiram os primeiros gritos de guerra, os primeiros combates de rimas, as primeiras tretas, no começo da década de 80 o hiphop já era uma febre no mundo todo, influenciando toda uma geração, misturando - se com outras culturas e dando voz a muita gente sem voz até então.
 

O rap deve muito ao soul e soul me lembra sempre James Brown-


Não poderíamos iniciar este assunto sem falar daquele que foi a maior influência na cultura hip-hop, sem ele não haveria nenhuma revolução na música negra e ele é o godfather of soul, o mr. Dynamite: James Brown.
James Brown teve uma vida bem difícil antes de estourar na música: ele veio de uma família extremamente pobre, fez de tudo um pouco, desde engraxate até lavador de pratos, inclusive chegando a roubar e cumprir pena na prisão.
Mas seu interesse pela música e dança veio desde cedo, já que um de seus bicos era dançar para entreter soldados antes da Segunda Guerra, tendo como inspiração o astro Louis Jourdan, famoso nos anos 40.
Em 1963, James Brown e The Famous Flames fazem uma reviravolta em suas carreiras ao gravarem o LP ao vivo “Live at the Apollo”. O álbum ficou 14 semanas nas paradas alcançando o segundo lugar e gerando hits de sucesso como “Out of Sight’, como no vídeo abaixo onde já notamos todo o groove que Brown possuía: 

 Logo em seguida, em 1965, Brown lança mais dois super hits: “Papa’s got a brand new bag” e ‘I got you (I feel good)”, sendo que o primeiro vence o Grammy de melhor gravação de Rhythm & Blues:

Sexy, animado, estiloso, Brown levava o público à loucura com seu jeito especial de mexer os quadris, seus gritinhos, usando calças justas, botinhas de cano curto, topete, estilo este super moderno para uma época em que os negros ainda lutavam para ter seus direitos reconheci-dos. 

A música ‘Cold Case”, uma das primeiras a conter um drum break e uma harmonia reduzida a um único coro, é considerada a primeira música originalmente funk e atingiu o primeiro lugar nas paradas em 1967. 

Os arranjos instrumentais de suas músicas seguintes mostrariam ovas experimentações com guitarras, baixos, baterias e sopros. 

Este novo estilo traz também os vocais de Brown quase que falados em ritmos, um pouco falado e um pouco cantado, influência direta no rap e no hip-hop que viriam nos anos seguintes como notamos em canções como “I got the feelin” 

Nos anos 70, tanto a banda que acompanhava Brown como os integrantes do Famous Flames acabam saindo e ele se junta aos J.B.’s, banda que o acompanhará até o fim, sofrendo algumas alterações. 
[

Com a chegada dos anos 80, Brown tem um ressurgimento, aparecendo em filmes como Blues Brothers, Doctor Detroit e Rocky IV, além de estrear em um episódio da série de TV Miami Vice.Nos anos 90 e início dos anos 2000, Brow continuou a lançar discos, fazer shows, mas a idade já mostrava suas marcas, bem como seu difícil temperamento se metendo em problemas com a polícia e tendo sua saúde debilitada. 

Ele veio a falecer em 2006, vítima de uma insuficiência cardíaca causada por pneumonia. O estilo de Brown pavimentou o caminho para todos os artistas negros surgidos após ele, desde Sly and the Family Stone até Michael Jackson, todos aprenderam com o mestre James Brown.
Não é a toa que ele é o artista mais sampleado em todos os tempos e toda vez que se fala em funk, rap, hip-hop , soul, ele é o artista que mais é citado e lembrado como o mais influente.






MAIS INFORMAÇÕES EM -
http://www.japagirl.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??