TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

12 de abr de 2012

joao xavi escreveu:

O mundo é do tamanho da mão do homem que mama a mamadeira

do homem que aponta o canhão

do que arremessa palavras

do que vive por brincadeira



O mundo é do tamanho do globo depositado na mesa do escritório

Tem o preço que se paga pela manutenção do jogo

O mundo finge que acaba

Se rasga e se arrasa, mas amanhã começa tudo de novo



O mundo te caça, o mundo te é caçador

O mundo te abraça, te acaricia, o mundo te é dominador

morde assopra



É neblina, é ócio, é ópio

É binóculo, é estroboscópio, é o tapa na cara todo dia dado de luva de pelica

É o equinócio invisível em um visão turva



Rasgue a página das tradições que pesam nos ombros das multidões

Que sufocam os nossos pulmões

Que nos algemam no lixo com grandes grilhões



Seguimos dividindo os corpos, contabilizando os mortos

E não há nada de tudo que seja nosso



É tijolo, é consolo, é pedaço de pau

É rua sem calçamento, é casa sem quintal

É o tempo que não passa

A cura pra todo mal

A minha favela agora é cartão-postal



Olha a cria, olha a cria, deixa a cria passar

Que um dia ela te desafia e cai no mundo pra criar

Tá crescido, desenvolvido, cai na batalha sem carteira

É amigo, tá faminto e vai buscar um quilo no final da feira



Olha a tia, olha a tia, à benção quando passar

Que num dia sem proteção o seu coração pode falhar



Fecha o corpo, papo torto, ihhh sai pra lá

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??