TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

20 de jan de 2012

sonho

A Ilha do Rap



Tipo , este seria um dia que jamais esqueceria...

No sábado, 28 de agosto, o termômetro marcava 30ºC quando o ferryboat lotado de fãs, entusiastas e simpatizantes de hip hop fazia o percurso de Manhattan à Governors Island, palco da última edição do festival Rock the Bells, em Nova York. Na edição deste ano, a escalação do evento foi baseada no tema "os maiores álbuns de hip hop de todos os tempos".
 
Os headliners do festival, Snoop Dogg e Wu-Tang Clan, cumpriram o tema à risca, cantando todas as músicas de seus discos mais notórios - respectivamente, Doggystyle e Enter the Wu-Tang (36 Chambers) (ambos de 1993).
 



As demais atrações do palco principal complementaram a maratona dos clássicos: a abertura ficou por conta da discotecagem de DJ Premier. Na sequência, Slick Rick, usando correntes gigantes no pescoço e tapa-olho, animou o público que literalmente torrava ao sol das duas horas da tarde, com músicas do álbum The Great Adventures of Slick Rick (1988). Já Rakim executou algumas faixas de Paid in Full (1987), com o público ainda morno.


























Logo em seguida, o MC do Bronx, KRS-One, subiu ao palco e a plateia (que já se somava em mais de 15 mil pessoas) cantou em coro músicas de Criminal Minded (1987). A faixa "How Many M.C.'s", do grupo Black Moon, que tem participação do KRS-One, foi executada com aparição surpresa do rapper Buckshot, (integrante dos grupos Black Moon e Boot Camp Clik, do mesmo selo de KRS, o Duck Down Records). KRS ainda chamou ao palco o MC Supernatural - que fez o tradicional freestyle com objetos do público - e o DJ Premier, produtor da faixa "Classic", cantada por KRS.

Meia hora após o horário previsto, a cantora Lauryn Hill fez sua aguardada volta aos palcos no Rock the Bells. Apesar do atraso, os presentes não deixaram de cantar em coro todos os hits dos álbums Miseducation of Lauryn Hill (1998) e The Score (1996) - este último do Fugees, grupo do qual Lauryn fazia parte. O destaque da apresentação ficou por conta das aparições de convidados vips, como Mary J. Blige, Beyoncé, Alicia Keys, John Legend, Chris Rock e Jay-Z, que surgiram um a um no palco enquanto a cantora executava o sucesso "Fu-Gee-La".
 
Próxima atração: A Tribe Called Quest. O aclamado grupo do Brooklyn estava incumbido a executar as músicas do álbum Midnight Marauders (1993). O show se iniciou com a música de introdução do disco, "Midnight Marauders Tour Guide", emendada com "Steve Biko (Stir It Up)". Entre danças coreografadas, os quatro MCs apresentaram faixas como "Sucka Nigga", "Keep it Rollin", "Bonita Applebum", "Electric Relaxation", "Award Tour" e "Oh My God". "Scenario" contou com outra aparição surpresa: Busta Rhymes, que trouxe o rapper Swizz Beats ao palco para juntos apresentarem "Stop the Party". Fechando o show, o vocalista Q-tip fez menção ao produtor J-Dilla, que morreu em 2006 ("J Dilla was the best producer ever!", disse), além de reverenciar Michael Jackson com uma interpretação de "Rock With You".
 
Mas a atração mais esperada do Rock the Bells, sem dúvida, era o Wu-Tang Clan. Inúmeros espectadores vestiam roupas com frases, logotipos e os integrantes do grupo novaiorquino estampados. A expectativa de ver ao vivo o "clã" reunido cantando o álbum Enter the Wu-Tang (36 Chambers) do início ao fim também era grande entre os próprios integrantes do grupo. Enquanto o telão preparava os espíritos com vídeos, milhares de mãos para o alto fazendo o "W" anunciaram a entrada do grupo no palco.
 
Os 9 MC's de Staten Island entraram em cena, reunindo a formação original completa: RZA, GZA, Method Man, Raekwon, Ghostface Killah, Inspectah Deck, U-God, Masta Killa e Cappadonna. O repertório foi além das músicas de 36 Chambers, com destaque para "Criminology", (do álbum Wu-Massacre, dos integrantes Method Man, Raekwon e Ghostface, lançado em março deste ano); "4th Chamber" (de Liquid Swords, do Gza); "Triumph" e "Reunited" (do álbum duplo Wu-Tang Forever).
 
Em homenagem ao Ol Dirty Bastard - integrante do grupo morto em 2004 - Boy Jones, filho do rapper, cantou duas músicas escritas pelo pai: "Shimmy Shimmy Ya" e "Got Your Money".
 

Ao final, o público de 20 mil pessoas parecia satisfeito. Tanto que quando Snoop Dogg subiu no palco (mais tarde do que deveria, graças aos atrasos anteriores), muita gente já havia ido embora. De qualquer forma, o único rapper da costa oeste no palco principal (Snoop é de Long Beach, Califórnia) empolgou os fãs, vestindo um macacão de estampa de bandana, trançinhas e o já conhecido anel de brilhantes com seu nome. Sua apresentação teve participações de Warren G, Tha Dogg Pound, Lady of Rage e RBX, além de "adereços" de palco, como uma mesa de piquenique lotada de garrafas de cerveja 40's, um dançarino vestido de cachorro e videoclipes complementando as músicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??