TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

6 de dez de 2011

Doutor Sócrates...

Morreu Sócrates, o futebolista PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Escrito por Miguel Romero   
Sócrates (1954-2011)Em 1984, o médio central brasileiro Sócrates - um formidável futebolista, tão excepcional como o seu nome completo: nada menos que Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira - foi contratado pela equipa italiana da Fiorentina. Na conferência de imprensa que o recebeu, em Florença, um jornalista perguntou-lhe qual era a sua personagem italiana favorita. Com toda a naturalidade, Sócrates respondeu: "Antonio Gramsci".

Agora chegou a noticia da sua morte. É muito triste que morra gente que nos tenha dado alegria. Para os amantes do futebol, ver jogar Sócrates, tão elegante, tão inteligente, tão imaginativo, era uma alegria. Isso mesmo nos contavam os amigos que tiveram a sorte de o ver jogar em Sevilha, durante os jogos de classificação para o Mundial de 1982, onde não ganhou o Brasil.

Realmente, deve haver muito poucos troféus na carreira de Sócrates; só este dado deveria servir para desmentir esse lugar comum do desporto, tomado diretamente da moral capitalista, segundo o qual só vale aquele que ganha.
Os futebolistas devem ser considerados como milionários e bem lerdos, a que só interessa o dinheiro, engatar, jogar com a play-station e o consumo de luxo, mais ou menos por esta ordem. A "inteligência de ofício", muito apreciada socialmente em todas as profissões, não se toma em consideração, neste caso, ou porque se considera que é uma qualidade desnecessária para jogar com uma bola ou porque os futebolistas não são, na grande maioria dos casos, o que se entende convencionalmente por "pessoas inteligentes".

Como amantes do futebol, temos que explicar frequentemente aos amigos que têm gostos mais refinados, que o que valorizamos num futebolista é o que faz no campo durante 90 minutos, mais ou menos; o resto, não nos importa. Por isso, encontrávamos um prazer suplementar vendo jogar Sócrates, sabendo que era "dos nossos" também fora do relvado.

Dizem que morreu alcoolizado. Deve ser muito difícil viver na terra depois de passar uns anos no Olimpo.
Oxalá tenha tido tempo para desfrutar da vida pelo menos tanto como, há alguns anos, nos campos de futebol, fez desfrutar por alguns momentos alegres espectadores, graças a ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??