TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

22 de abr de 2011

As Negras Que Brilham Na Tv

As Negras Que Brilham Na Tv

1ºLugar-Taís Araujo

Taís Bianca Gama de Araújo (Rio de Janeiro, 25 de novembro de 1978) é uma atriz e apresentadora brasileira premiada no cinema e na televisão, e formada em jornalismo. Seu primeiro papel de destaque na TV foi como a protagonista da novela Xica da Silva, de Walcyr Carrasco, na extinta Rede Manchete. Sete anos depois, veio sua primeira protagonista na Rede Globo, a Preta de Da Cor do Pecado, de João Emanuel Carneiro. Atualmente, vive sua primeira protagonista em horário nobre da Globo, a Helena, da novela Viver a Vida, de Manoel Carlos.

2ºLugar-Gloria Maria


Formada em Jornalismo pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ), Glória Maria começou a trabalhar como jornalista na década de 1970, durante o Governo Médici. Ela passou pelas apresentações do RJTV, do Jornal Hoje, do Jornal Nacional e de outros programas até chegar à apresentação do Fantástico – o qual apresentou de 1998 a 2008, quando pediu uma licença de dois anos.

Glória tornou-se conhecida pelas reportagens especiais e viagens a lugares exóticos – como uma que fez no deserto do Saara ou quando percorreu o caminho de Cristo desde Israel até o Egito, dentre outras. Glória cobriu também a Guerra das Malvinas, em 1983. Por ter viajado para mais de cento e vinte países ao longo da carreira, Glória tem mais de dez passaportes preenchidos. Ela também já entrevistou várias pessoas famosas; dentre essas estão Freddie Mercury e Madonna.

Em janeiro de 2010, Glória se reuniu com os diretores de jornalismo da Rede Globo e ficou decidido que ela seria repórter especial do Globo Repórter, programa o qual, ela nunca fez parte.

3ºLugar-Joyce Ribeiro

A jornalista começou sua carreira na televisão em 1998, na Rede Mundial, da LBV, onde atuou como produtora e repórter. Na RIT, teve sua primeira experiência como apresentadora de telejornal.

Em 2002 foi para a Rede Record, onde atuou como repórter e apresentadora no Fala Brasil. Posteriormente, apresentou também um telejornal diário na Record Internacional. Em 2005 foi para o SBT, onde de setembro de 2005 até março de 2006 apresentou a edição matutina do Jornal do SBT, passando a seguir a apresentar a previsão do tempo do extinto SBT São Paulo.

Atualmente está à frente da previsão do tempo no Jornal do SBT Manhã e do telejornal Boletim de Ocorrências, e é uma das âncoras do jornalismo da emissora.


4ºLugar-Camila Pitanga


Camila Manhães Sampaio nasceu dia 14 de Junho de 1977 no Rio de Janeiro.

É filha dos actores Vera Manhães e Antônio Pitanga e irmã do também actor Rocco Pitanga. Camila é casada com o director de arte Cláudio Amaral Peixoto desde 1999 e actualmente espera o seu primeiro filho. Em 1984, aos 6 anos de idade, foi figurante no filme Quilombo, de Cacá Diegues. Ainda muito jovem, começou a carreira de modelo, e foi angeliquete, uma das assistentes de palco da apresentadora Angélica no Clube da Criança, da extinta TV Manchete.

5ºLugar-Juliana Alves


Juliana Alves de Oliveira (Rio de Janeiro, 3 de maio de 1982) é uma atriz e modelo brasileira, que ficou conhecida ao participar do Big Brother Brasil 3, o qual foi ao ar em 2003. Juliana conquistou uma vaga no Big Brother Brasil 3 quase por acaso. Durante um show do cantor Luiz Melodia, ela foi abordada por uma produtora da Rede Globo, que a convidou para uma entrevista. Passada essa etapa, Juliana participou de vários testes até conseguir a vaga.

Já foi agente de saúde da ONG Criola, que luta contra o preconceito às mulheres negras, e também foi dançarina. Atualmente estuda Psicologia na UERJ, tendo sido beneficiada pelo sistema de cotas que garante vagas para alunos negros.

Em 2004 foi musa do Salgueiro e rainha de bateria da Império da Tijuca. No ano de 2008 desfilou como destaque da Mocidade e da Renascer, no Rio de Janeiro.

Em 2009 foi madrinha de bateria da escola de samba Pérola Negra[1]. Em outubro do mesmo ano, foi capa da revista Playboy do Brasil.

6ºLugar-Sheron Menezes


A atriz estreou na Rede Globo na novela “Esperança”, em abril de 2002, com o aval do diretor Luiz Fernando Carvalho que se impressionou com seu teste e sugeriu ao autor, Benedito Ruy Barbosa, a mudança da idade da personagem, “Júlia”, inicialmente mais velha, para que pudesse ser interpretada pela novata Sheron Menezes. Sheron então ganhou o papel da doce e altiva Júlia, filha bastarda do Barão do café, marido falecido de Francisca mão de ferro, personagem de Lúcia Veríssimo, que vivia na fazenda como empregada da família. Júlia acaba casando-se com um forasteiro, Zangão, interpretado por Jackson Antunes. Júlia foi bem recebida pelo público e acabou rendendo para Sheron três prêmios pelo seu trabalho e um convite do diretor Luiz Antonio Pilar para atuar no teatro.

7ºLugar-Aparecida Petrowcky

Sua mãe biológica, Glória Geralda, ficou grávida aos quinze anos e, sem condições de criar a filha, entregou-a para sua irmã de criação, Vera Lúcia de Carvalho. Conheceu a mãe biológica aos cinco anos e, com a morte de Vera, quando tinha cerca de dezoito anos, ficou com a Glória.[1]

A fim de cursar a faculdade de fisioterapia mudou-se para a Zona Sul do Rio e, mais tarde, por sugestão de uma professora para que ganhasse desenvoltura, passou a cursar teatro, paralelamente. Assim, fez artes cênicas em alguns cursos como Tablado e Rei Ator.[1]

Como fisioterapeuta especializou-se em traumato-ortopedia e em drenagem linfática.[1]

Iniciou sua aparição na mídia com a participação no reality show chamado Guerra do Sono, no programa do apresentador Luciano Huck.

Como atriz escreveu, produziu e atuou, em 2007, na peça infantil “Zeluda”,[1] apresentada no Rio de Janeiro no Teatro Vanucci. A peça teve direção de Hélvio Garcês e no elenco também estavam os atores João Miguel e Markos Skarpini.

Recebeu o prêmio Troféu Raça Negra de 2009 como atriz revelação por seu trabalho em Viver a Vida, no papel de Sandrinha.

8ºLugar-Cris Viana


Cris Vianna (São Paulo, 1977) é uma modelo, cantora e atriz brasileira.
É modelo há dez anos.
Em 1990 participou de uma tournee em Aruba com o “mulatólogo”
Oswaldo Sargentelli.
Foi Rainha do Carnaval de São Paulo também nos anos 90.
atualmente em “Temos Modernos” com sua personagem Tita Bicalho

9ºLugar-Lucy Ramos



Mudou-se de Pernambuco para São Paulo ainda com cinco anos de idade. Sonhava jogar futebol mas, da escolinha desse esporte, foi indicada pelo treinador para uma pequena agência de modelos, onde passou a trabalhar, já aos dezesseis anos, primeiro em pequenas campanhas, depois em uma agência maior.

Terminando, aos dezoito anos, o curso médio, ingressou em cursos de Teatro do SENAC, chegando a fazer parte do elenco de apoio da novela Começar de Novo, em 2004, ocasião em que se muda de forma definitiva para o Rio de Janeiro, laborando para a Rede Globo, onde também cursou a Oficina de Atores desta emissora brasileira.

No seu segundo papel na televisão, Lucy viveu a jovem Adelaide, em Sinhá Moça – fazendo o papel de dama de companhia da personagem-título, por quem se apaixona um jovem recém-formado e filho de um dos grandes fazendeiros de café.

10ºLugar-Antonias

Cindy Mendes lançou o CD “Grite Alto” em 2007 e continua na divulgação do álbum, além de fazer shows pelo Brasil.

Negra Li conhecida como a diva da Black Music nacional, Negra Li (Liliane de Carvalho de 29 anos) é a cantora responsável por escrever um novo capítulo na história da música brasileira, participando de duas músicas que estão entre as cinco mais ouvidas em todo o Brasil: “Um Minuto”, com D’Black e “Ainda Gosto Dela”, com Skank.

Atriz, cantora, bailarina, esportista e compositora, a versátil Leilah Moreno é um dos nomes mais conhecidos da cena da Black Music e Pop do Brasil.

Quelynah, que atuou como protagonista da série e do filme Antônia, lança o vídeo clipe da música “O que sou” e apresenta as músicas de seu primeiro CD no Na Mata Café. Em seu cd de estréia, Quelynah, a cantora assina oito das treze faixas: “Afrodisíaco”, por exemplo recebeu a percussão de Simone Soul, e versos em dialeto africano.



2 comentários:

  1. Sheron Menezes e Juliana Alves ambas são as mais quentes mulheres... mulher negra brasileira é tudo de bom....

    ResponderExcluir
  2. todas são muito lindas!nosso brasil é lindo nossa cultura e a micigenação do país!

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??