TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

16 de nov de 2010

analfabetismo funcional que não funciona...


Koyaanisqatsi (trailer)

A gente consegue atingir a origem?...
Bem, eu acho que não nas nossas gerações...
Mas se a gente começar a ajudar no analfabetismo funcional, na alto-valorização das pessoas...
Quem sabe daqui a cem anos?!
Por que a origem é difícil...

Qual é a origem do problema?

Pobreza? (de grana, de estrutura, emocional, de espírito?)
Onde está a pobreza?

Acho que se nós somos mamíferos, somos bem parecidos com todos os outros.
A gente aprende pelo exemplo de quem a gente considera formado, superior, exemplo de pai e de mãe.
Porque falar é fábula. Falar não ajuda. Discutir não ajuda. O que vale é o exemplo.

Função de mãe: alimento / proteção / formação do mundo interno (emocional, mental)
Função de pai: como lidar com o mundo / como reagir / traços de caráter diante do mundo / formação da visão de como funciona o mundo externo.

Aqui as figuras maternas e paternas não são exatamente a pessoa do pai e da mãe, são as funções.
Quem pratica essa função no âmbito de uma comunidade?

O estado? as empresas? os coronéis? os traficantes e milícias?
Temos condições de num projeto, realizar função de pai e de mãe?
Então onde está a pobreza?

Não está nos pobres. A pobreza que recai sobre quem é pobre não é produzida por quem é pobre. Quem então produz a pobreza?

A gente consegue atingir / chegar perto / mudar paradigma de 0,0000001% dessa gente que produz pobreza?

joe na pressão reflexiva de um domingo mais ou menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??