TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

14 de mar de 2010

pra ti...

Fora do tempo e do espaço Dentro do ser ou não ser
Num mundo de liberdades Amo você na manhã
acordando preguiçosa abraçada com o meu medo e sua pressa...

Amo você quando fala das mesmas coisas que eu
quando dividimos a idéia pra que tudo se esclareça.

Amo você crua como um curtume,quando a lama passa na sarjeta
e nossos corpos se buscam e nossas mentes se calam...

Amo você quando a hora nos acorda e assustados
corremos desabalados para ver o sol nascer.

Mas de repente...
Beijo sua boca e tudo melhora.
Amo voce muito...

Queria fazer um poema
sem tema ou reflexão
que falasse de saudade
com verbo irregular ou não.

Queria dizer o que sinto
sem brigar com os pronomes
sem rimar um palavrão
com sujeito da oração.

Onde o predicado fosse
nada mais que amar alguém
e amar pudesse ser
um verbo de ligação
entre o mundo, eu e você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??