TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

28 de ago de 2009

barulho...

Recordações nostálgicas conduziram-me àquele barulho maravilhoso. Quantos caminhos: um labirinto. Mas não havia sombras, nem temores; apenas rumores, vozes que por conta da distância erigida pelo tempo chegavam como barulhentos sussurros. Apurei os ouvidos, divisei os sons, deixei-me guiar pelo doce barulho que o vento trazia.
Escolhi um entre os coloridos caminhos de sons e sonhos. Penetrei profundamente. Pois a curiosidade consumia meu ser. Era crucial descobrir de onde vinha e o que era aquele Barulho.
O barulho era demais ...
Muitas vozes , muitas agonias...
O som do que se ouve é amplificado por um amplificador de sangue e carne muscular...
O barulho invade lentamente cada poro , transformando quimicamente cada segundo em uma eternidade...
Tentei tampar os ouvidos , metamorfoseando meus dedos em tampax , mas ,não funcionou...

Barulho divino...
Quase que não escuto minha voz interior fazendo um freestyle na chuva de meteoros que caía dos meus olhos ...
Quase não escuto as vozes dos meus sentimentos libertos feito escravos em dia de festa na senzala...
O barulho nos torna iguais...
Pois , no barulho , não escutamos o quanto somos egoístas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??