TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

22 de jun de 2009

uma poesia para uma noite qualquer

As brumas me cercam nesse blog
de um texto novo eu sou escravo
a fumaça que não sorvo vira um fog
na cadencia do teclado nunca travo
leitores não os vejo só sinto além
do outro lado da tela rindo ou não
se escrever é meu trilho sou trem
que se move lentamente sem vagão
blog blog quem és tu vil senhor
que me prende nesse mar de dor
que é ser eleito e não escolhido
blog blog quem és tu meu furor
vício que consome nesse torpor
de textos novos e raramente lidos

2 comentários:

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??