TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

22 de mai de 2009

Eita dia compriiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiido!

Tantas coisas pra postar e pouco tempo e espaço eu tenho , esse é um dilema bem interessante , como escolher o que é mais relevante ? Eu deixo minha imaginação me guiar , e posto o que eu quero do jeito que eu acho que deve ser colocado meu ponto de vista ou posto o que eu acho que seria de interesse das pessoas...

A resposta é bem clara , vou continuar sem saber como fazer...Por que o desafio do blog é postar pelo menos 1 texto novo e se eu mesmo impor regras ,a postagem vira uma obrigação quase que jornalística e isso eu não quero nem que a porca vire parafuso...

A resposta pra esse paradoxo é uma tentativa de escrever sobre coisas que talvez as pessoas se interessem e a partir dai colocar meu ponto de vista ,simples assim.

Uma coisa que aconteceu e me deixou muito triste é saber da morte do grande ZéRodrix, cujo nome de batismo é José Rodrigues Trindade, e para que fique bem claro , eu realmente gostava desse cara é só parar um pouco e escutar o rap que fiz para um curta da Companhia Brasileira de Cinema Barato da qual faço parte e ver la a frase:

"É muita explosão é muita matrix/ prefiro zé rodrix ou baile da soul grand prix.

Ai tem o link pra voces ouvirem o rap e assistirem o filme onde também faço uma medíocre atuação rsrsrsr e que ganhou até premio de melhor roteiro ...rsrsrsrsrrs


É uma tristeza enorme acordar e ver que esse cara não esta entre nós-(apesar de achar que a gente não nasçe nem morre , apenas sai do campo de visão normal)-Zé Rodrix ganhou destaque nos anos 70, quando trabalhou com o grupo Som Imaginário — banda criada para acompanhar uma turnê de Milton Nascimento — e ao lado dos músicos Sá e Guarabyra. O trio se transformou em ícone do chamado “rock rural”.

Entre as canções mais famosas de Zé Rodrix estão “Casa no Campo”, famosa na voz de Elis Regina, “Mestre Jonas” e “Soy Latino Americano” e essa que eu coloco ai em forma de singela homenagem:

Boa Viagem
(Zé Rodrix)

O fogo sempre vivo, o corpo nunca para
E ninguém consegue mais lhe segurar
Essa casa está pequena pro seu ritmo de vida
Qualquer dia desses vai voar pra longe
As mãos que eram tranquilas nunca mais se cruzaram
E ninguém consegue mais lhe segurar
E por mais que faça força essa casa está pequena
Qualquer dia desses vai voar pra longe
E eu que tinha a mais completa certeza
De que ia envelhecer feliz ao seu lado
Vai passando o tempo e se apagando o meu fogo,
E o seu fogo vai crescendo cada vez mais
A porta está aberta, por mais triste que seja
E eu não quero nem tentar lhe segurar
Onde o fogo queima forte, deixa só poeira e cinza
Abra as asas e pode voar
Boa viagem.

Ontem meu dia começou muito bem , assisti uma obra de arte na HBO : "PÁPRIKA"
Vou deixar que a curiosidade tome conta dos seus cerebelos , só digo uma coisa : vale a pena saber pelo menos o que é isso ...


Depois dessa odisséia visual , recebi um telefonema para a reunião que eu estava muito ansioso pra participar na futura sede da ZULU NATION no RJ...As coisas estão andando de maneira devagar mais firme , vai ser muito bom ter essa referencia encravada no meu estado , e o plano de midia e as estrategias estão fluindo , a reunião foi mais pra conheçer quem é quem e estabelecer as oficinas que acontecerão em breve..Logo mais falo mais sobre esse essunto e sobre a Zulu Nation...

Outra coisa muito legal que aconteçeu ontem foi minha incurssão na tv Alerj , junto com dois emboladores e o mc Airá: foi uma noite de improviso e de alegria , onde as culturas do coco de embolada e o rap (freestyle) se unirão de forma leve e real , valeu Ricardo Brasil e Dandara pelo convite foi ótimo estar lá de novo , até porque eu fiz parte do primeiro progama da tv alerj , há uns 5 anos atrás...muito bom.

E depois dessa apresentação frente as cameras a noite ainda nos reservaria outra surpresa , no meio da gravação na tv alerj recebi um telefonema pra outra gravação na telinha e também usando o rap como alavanca , só que dessa vez foi para canal Multi-show e foi muito legal também valeu Woo e Rabú...

Pra terminar vou deixar um clip que eu vi e revi umas 1000 vezes ,e agitou essa cidade nas decadas de 80 e 90 , e fazia geral sacudir o esqueleto , de adamantium ou não... LE JUAN LOVE - everybody say yeah!!!!!!!

http://www.youtube.com/watch?v=_-BWhb081F0

2 comentários:

  1. Cara,

    Linda homenagem ao Zé Rodrix e lamento justíssimo. Ele também é o compositor da belíssima Eu quero uma casa no campo (inesquecível na voz de Elis Regina). O velório será hoje aqui em Sampa. Achei muito bom esse post. Tinhas tanto a dizer e disse tudo!

    ResponderExcluir
  2. é uma perda lastimavel...assim como foi o chico sciense o gonzagão e o gonzaguinha...shitshappens...

    ResponderExcluir

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??