TODO DIA ...É 1 TEXTO NOVO!!!

12 de mar de 2009

Sou um mestre de cerimonias da cultura hiphop



Sou um mestre de cerimonias da cultura hiphop , e sei o quanto sou responsável por motivar as pessoas que gostam do meu trabalho...
Não consigo ver o rap como apenas um elemento do cultura que vivo ,acho que o rap é muito mais do que imaginamos que é...

Ao longo do dia mantemos várias conversas silenciosas na nossa imaginação: com amigos ou parentes, o chefe, o parceiro amoroso, desconhecidos, o ator ou a atriz do filme que adoramos, com seres imaginários e até com pessoas que já morreram.
Entre tantas vozes internas também dialogamos conosco mesmos.
O rap ajuda as pessoas a usarem este mecanismo da sua imaginação a serviço do seu crescimento.


O Rap surgiu na Jamaica, nos anos 60.
Iniciou com sistemas de sons (Sound Systems) colocados nar ruas dos guetos, para animar os bailes.Esses bailes serviam de fundo para o discurso dos ‘toasters’, autênticos mestres de cerimônia que comentavam, nas suas intervenções, assuntos como a violência das favelas de Kingston e a situação política da Ilha, sem deixar de falar, é claro, de temas mais prosaicos, como sexo e drogas.


O rap para mim é meu modo principal de falar ao mundo e as vezes a mim mesmo o que eu sou e o que eu quero ,como e quanto,de uma maneira que só eu poderia fazer.
O rap para mim é algo transformador .
Parte pequeno e se torna gigante , atravessa sua cabeça como uma flexa e as vezes modifica padrões .

Que poderiam ser imodificaveis ...
O rap é um estilo musical que surgiu nos bairros negros e hispânicos novaiorquinos , e de lá fundiu se com muitas outras culturas e hoje ainda se mistura com tudo a sua volta.

O rap que acredito é a expressão máxima da sua individualidade , dentro de um contexto mais amplo de grupo.
O rap que faço é uma mistura de minha influencias mais rudimentares , ao meu gosto mais sofisticado, é uma colcha e retalhos , um mixto de denuncia e surrealismo , ou surrealismo denunciativo ou ainda denuncia surreal...

bambaataa e herc
Acredito no poder da palavra e de como ela é falada , acho que rap é mais do que discursso contundente , acredito que rap pode ser ilimitado e serve pra coisas que ainda não descobrimos , não gosto de rap de um fator só , nem de repetir discurso sistemático...


Rap pra mim é igual ao titulo desse humilde blog:
todo dia um texto novo...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA PALAVRA TÁ??